Home / Governo federal cria grupo para estipular regras sobre uso de publicidade em mídias digitais

Governo federal cria grupo para estipular regras sobre uso de publicidade em mídias digitais

Fonte: Época Negócios

19 de abril de 2023

O grupo deverá avaliar a necessidade de elaborar um ato normativo que regulamente a utilização de publicidade em plataformas de mídias digitais, como redes sociais, blogs, entre outras

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva instituiu a criação de mais um Grupo de Trabalho (GT) nesta segunda-feira, 17. O grupo deverá avaliar a necessidade de elaborar um ato normativo que regulamente a utilização de publicidade em plataformas de mídias digitais, como redes sociais, blogs, entre outras.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU). O grupo de Trabalho terá a duração de 90 dias, contados a partir da publicação do ato de designação dos representantes.

A participação será considerada prestação de serviço público e não será remunerada.

Durante o período, o grupo poderá convidar especialistas para participar dos estudos e apresentar contribuições.

A equipe será composta por representantes de diversas unidades do Ministério das Comunicações, incluindo a Secretaria de Políticas Digitais e a Secretaria de Publicidade e Patrocínios.

Com a nova medida, fica revogada a Portaria SECOM/MCOM nº 6.970, de 27 de setembro de 2022, que era específica sobre o gerenciamento dos riscos de fraude, de tratamento indevido de dados pessoais e de veiculação de anúncios em contextos inseguros ou indesejados.

Confira matéria na Época Negócios

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

1ª Câmara abre reuniões de outubro
O Conselho de Ética iniciou na manhã de hoje, por meio da sua 1ª Câmara, as sessões virtuais de julgamento do mês. Confira os resultados: Representação Nº 090/22, em recurso ordinário, “Malwee Malhas e paty yamazaki – @dudinhayamazaki – Olha só que incrível a nova coleção da @malweekids”. Resultado: alteração agravada por advertência à influenciadora, […]
CPMI das Fake News projeta ‘carona’ em CPI da Covid e deve mirar eleições
Parada desde o início da pandemia, a CPMI das Fake News deve voltar a funcionar após o recesso parlamentar, em fevereiro de 2022, impulsionada por informações compartilhadas pela CPI da Covid. Um dos focos do colegiado deve ser o enfrentamento à produção e disseminação de notícias falsas ao longo das eleições do ano que vem, […]

Receba a newsletter no seu e-mail