Home / Comunicação organizacional passará por mudança impulsionada por IA, diz Aberje

Comunicação organizacional passará por mudança impulsionada por IA, diz Aberje

Fonte: Propmark

28 de junho de 2023

A quarta edição da pesquisa Tendências da Comunicação Organizacional, conduzida pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), revelou uma revolução iminente no cenário da Comunicação. A análise destacou que a Inteligência Artificial e os Algoritmos assumirão um papel protagonista nos próximos três anos, moldando o futuro da área.

O estudo levou em consideração a participação de 135 empresas, entre associadas e não associadas, localizadas nas diversas regiões do país, de todos os portes e que representam quase todos os segmentos da economia.

A pesquisa revelou que a Comunicação Organizacional passará por uma mudança, impulsionada pela Inteligência Artificial (40%), aplicativos (36%) e algoritmos (24%). Essas tecnologias irão redefinir a forma como as organizações se comunicam, criando novas possibilidades e desafios para os profissionais da área.

De acordo com o levantamento, estabelecer o link entre a comunicação e a estratégia de negócio (59%) e fortalecer o papel da função da comunicação no apoio à tomada de decisões da alta direção (52%) estão entre as questões estratégicas mais importantes para a gestão da comunicação organizacional das empresas participantes.

Para prosperar nesse novo cenário, as habilidades mais relevantes para os profissionais de comunicação, identificadas pelos participantes são: (1) adaptabilidade às novas tecnologias (61%); (2) capacidade de mensuração e demonstração de retorno financeiro (43%); (3) criatividade e inovação (39%); (4) aprendizado contínuo (35%); (5) capacidade de lidar com a complexidade (30%) e (6) planejamento estratégico (30%).

Outras tendências

A pesquisa revela que serão inúmeros os desafios para a área de Comunicação a partir deste ano. Entre os mais destacados foram: aumento da interação e do impacto via comunicação digital (63%), questões relacionadas à diversidade (39%), mudanças das configurações organizacionais internas (39%), maior cuidado com ética, compliance e governança corporativa (27%) e orçamento menor para a área (27%).

Os processos de atuação mais abrangidos pelas áreas de Comunicação dos participantes são: comunicação interna (92%); relacionamento com a imprensa (90%); comunicação externa (88%); eventos (79%); mídias digitais e sociais (74%); gestão de crises e riscos (71%), e branding (70%). entre os menos abrangidos temos: relações governamentais (17%), sustentabilidade (22%) e diversidade e inclusão (22%).

Canais utilizados

A pesquisa aponta que para a maioria dos participantes (73%), a estrutura atual dos canais de comunicação, do ponto de vista da organização, atende de forma parcial as necessidades da comunicação e que os canais mais utilizados para se comunicarem com seu público externo, pelas áreas de Comunicação das empresas participantes, são: as redes sociais (87%), os jornais online (53%), o portal corporativo (47%), as feiras e eventos (40%), as revistas online (38%) e os jornais impressos (36%). Entre os canais menos utilizados destacam-se: os aplicativos para dispositivos móveis – app (10%), os blogs/fóruns online (12%), o rádio (14%), os influenciadores (16%) e a televisão (17%).

Já para o público interno, os canais mais utilizados são: o portal corporativo (68%), o canal digital de conteúdo próprio (55%), as redes sociais (51%), os aplicativos para dispositivos móveis – app (37%) e as feiras e eventos (24%). Entre os canais menos utilizados destacam-se: o WhatsApp (4%), as revistas de notícias impressas (6%), os blogs/fóruns online (7%), as revistas online (10%) e os influenciadores (10%).

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

The Hiretone Palette: Paleta de cores reflete contratações do mercado publicitário
O diretor de arte Victor Emeka e o redator Zé Celso Oliveira apresentaram o projeto pessoal The Hiretone Palette, uma paleta de cores que utiliza o Skintone para representar os profissionais contratados pelo mercado publicitário brasileiro.Leia Mais
Regulação de mídias sociais: Dino diz que big techs foram irresponsáveis com ataques de 8 de janeiro
Nos 54 dias em que Flávio Dino atuou como ministro da Justiça até a última sexta-feira (25/02), ele se tornou em uma figura praticamente onipresente no noticiário nacional e internacional. Em pouco mais de dois meses, ele foi um dos principais responsáveis por lidar com as duas primeiras crises do terceiro governo do presidente Luiz […]

Receba a newsletter no seu e-mail