Home / STF reforça que fake news e abuso de poder não serão tolerados na eleição

STF reforça que fake news e abuso de poder não serão tolerados na eleição

Fonte: Veja

13 de junho de 2022

Derrotas de deputados bolsonaristas em decisões do Supremo mostram que a Corte protagonizará uma feroz temporada de caça às notícias falsas

A derrota de parlamentares bolsonaristas no Supremo Tribunal Federal reforça o entendimento do Tribunal Superior Eleitoral e indica que fake news e abuso de poder não serão tolerados nas eleições. Por três votos a dois, o STF manteve nesta sexta-feira (10) a cassação do deputado federal bolsonarista Valdevan Noventa (PL-SE). Na terça-feira, o Supremo já havia contrariado a decisão monocrática do ministro Kassio Nunes Marques, preservando o ato que cassou o deputado estadual Fernando Francischini (União Brasil-PR). 

Noventa foi condenado pelo TSE por compra de votos e abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral de 2018. No julgamento no STF, Nunes Marques e André Mendonça votaram contra a cassação. O argumento é que a decisão do TSE foi baseada em uma regra estabelecida apenas em 2020, e não poderia ser aplicada para um caso que ocorreu nas eleições de 2018.

Já Francischini foi condenado após a realização de uma live nas redes sociais, no dia do pleito de 2018, na qual alegou que as urnas eletrônicas teriam sido fraudadas. Ele foi o primeiro parlamentar a ser cassado por espalhar notícias falsas no Brasil. As decisões do TSE e STF abrem espaço para que outros políticos possam ser punidos por disseminação de fake news no ano em que se intensificaram os ataques ao sistema eleitoral brasileiro. O recado já havia sido dado pelo ministro Alexandre de Moraes e depois reforçado pelo presidente do Tribunal Eleitoral, Edson Fachin. “Quem usar fake news e falar de fraude nas urnas terá seu registro cassado”, declarou.

Confira matéria na Veja

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

PL das Fake News pode ganhar fôlego com cerco do Judiciário ao Telegram
O cerco do Judiciário ao Telegram tem potencial para dar um novo fôlego às articulações para votar o projeto de combate à desinformação na Câmara (PL 2630/2020). O PL das Fake News pode ser a saída legal para banir a empresa do país, já que exige que aplicativos em funcionamento no país tenham sede nacional, o que não é […]
O que é sucesso pra você, afinal?
“Quando 25 milhões de pessoas deixam seu emprego, há algo além do burnout.” Essa é a linha fina de um artigo publicado no New York Times duas semanas atrás e que viralizou. Do LinkedIn ao Twitter, até hoje há muita gente postando o texto da jornalista Noreen Malone de título desolador, “A era da antiambição”. […]

Receba a newsletter no seu e-mail