Home / Publicidade digital alcançou R$ 32,4 bilhões em 2022

Publicidade digital alcançou R$ 32,4 bilhões em 2022

Fonte: Meio e Mensagem

6 de abril de 2023

Digital Ad Spend, elaborado pelo IAB Brasil em parceria com a Kantar Ibope Media, aponta incremento de 7% nos investimentos na comparação com o ano anterior

O investimento em publicidade digital no Brasil alcançou a quantia de R$ 32,4 bilhões em 2022, de acordo do o Digital Ad Spend, relatório elaborado pelo IAB Brasil, realizado em parceria com a Kantar Ibope Media.

Pelo estudo, o montante movimentado com compra de mídia nos meios digitais foi 7% superior ao total monitorado em 2021

O relatório indica que, desse total de mais de R$ 32 bilhões, as agências de publicidade foram responsáveis pela transação de 67%. Os 33% restantes foram negociados de forma direta entre anunciantes e plataformas digitais.

Em comparação com o ano anterior, o investimento realizado via agências cresceu 12% enquanto o investimento direto permaneceu praticamente estável, com incremento de 1%.

Primeiro semestre X segundo semestre

Uma análise do Digital Ad Spend mostra que o desempenho dos negócios em publicidade digital foram maiores no primeiro semestre do ano do que no segundo.

Nos primeiros seis meses, os valores investidos em compra de mídia no digital foram 12% maiores do que em 2021. No segundo semestre, contudo, uma retração de 5% em comparação com os seus últimos meses de 2021.

Na visão de Cris Camargo, CEO do IAB Brasil, a sobreposição de Black Friday, Copa do Mundo e Natal, associada ao período de eleições presidenciais, acabou impactando os investimentos do setor, ainda que o último trimestre de 2022 tenha sido o maior em termos de volume de investimentos, considerando todo o ano.

Setores que mais investiram em publicidade digital

Os setores de comércio, serviço e finanças foram os que mais investiram em publicidade digital em 2022. Juntos, esses três segmentos responderam por 54% do montante total.

Outro setor que o Digital Ad Spend destaca é o de higiene e beleza, cujos investimentos cresceram 85% em comparação com o ano de 2021, graças à movimentação das categorias de cuidados capilares, desodorantes e perfumarias.

Já em termos de investimentos destinados à mídia digital, os destaques foram para vestuário e eletrônicos. Do total das verbas investidas em publicidade pelas empresas do segmento, mais de 70% foram para os meios digitais.

Confira matéria no Meio e Mensagem

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Gerety Awards prorroga prazo de inscrição e anuncia nova categoria
O Gerety Awards 2021 estendeu seu prazo de inscrições para 30 de abril e anunciou uma nova categoria: Humor. A nova categoria vai celebrar o melhor em humor publicitário. A publicidade engraçada torna-se parte da cultura popular. Um bom exemplo é a campanha “You are not you when you are hungry”, da AlmapBBDO para Snickers, com […]
Relator prepara votação do PL das fake news
Já aprovado no Senado Federal e agora tramitando na Câmara, o Projeto de Lei (PL) 2630/2020, conhecido como ‘PL das Fake News’, deverá ser votado até a terceira semana de novembro, conforme planeja seu relator, deputado Orlando Silva (PCdoB-SP). O projeto não altera somente o entendimento público sobre a divulgação de notícias falsas, mas toda a política de transparência em plataformas de rede […]

Receba a newsletter no seu e-mail