Home / Plano com anúncios da Netflix já tem 5 milhões de usuários ativos

Plano com anúncios da Netflix já tem 5 milhões de usuários ativos

Fonte: Meio e Mensagem

19 de maio de 2023

O plano de assinatura com anúncios da Netflix atinge 5 milhões de usuários ativos mensais em todo o mundo. O anúncio foi feito durante o primeiro upfront da empresa, realizado nessa quarta-feira, 17, nos Estados Unidos.

O evento, inicialmente planejado para ser realizado no Paris Theatre antes de mudar para um formato virtual no final da semana passada, deu aos anunciantes informações há muito esperadas sobre o plano de publicidade da Netflix. A plataforma também anunciou novos produtos de anúncios e recursos de mensuração.

Quando a Netflix apresentou seus novos lançamentos – incluindo o retorno de “Cobra Kai” e as temporadas finais de “Stranger Things” e “The Crown”, bem como um punhado de novos títulos – não fez menção à greve dos roteiristas. Uma fonte próxima à gigante de streaming disse ao Ad Age que a greve foi o motivo pelo qual a Netflix cancelou o evento presencial, além de interromper a produção de algumas de suas séries listadas.

Desde a apresentação em novembro, a assinatura com suporte de anúncios da Netflix tem sido um mistério para seus anunciantes, que desejam mais transparência. A empresa está ansiosa para divulgar estatísticas sobre visualização total para lançar sua oferta de anúncios. Jeremi Gorman, presidente de publicidade global, compartilhou que o “alcance da Netflix em duas ou mais horas é maior do que o alcance de quase todos os outros em um limite de minutos”, de acordo com a Nielsen.

O comunicado marca a primeira vez que a Netflix atribuiu um número a seus usuários da assinatura com anúncios, afirmando também que o número mais que dobrou desde o início deste ano. Mais de um quarto dos novos assinantes agora escolhe a assinatura com publicidade. Além disso, 70% deste grupo está dentro da faixa etária de 18 a 49 anos.

Gorman mergulhou nas prioridades de anúncios da Netflix, explicando que passou seus primeiros seis meses focado em dominar o básico, guiado por “áreas que os anunciantes nos disseram ser mais importantes – como segmentação geográfica, por idade e por gênero; verificação de terceiros e implantação dos mecanismos corretos de adequação da marca para [anunciantes] tomarem as melhores decisões para [sua] marca.”

O vice-presidente de vendas globais de anúncios da Netflix, Peter Naylor, compartilhou anteriormente com a Ad Age atualizações para segurança de marca e recursos de segmentação, como colocar publicidade na lista dos 10 principais conteúdos mais assistidos, gerada diariamente pela Netflix. Gorman disse que a empresa ainda está “focada em alcançar a paridade” com a concorrência.

Anúncios na Netflix: quais são os próximos passos?

A Netflix anunciou novas oportunidades de patrocínio para anunciantes. Em negociações iniciais, a plataforma venderá a capacidade de os anunciantes serem patrocinadores de lançamento de séries antecipadas na plataforma. Outra novidade é que as marcas poderão também patrocinar feriados locais, como o Dia da Terra e o Dia dos Namorados.

Naylor também forneceu atualizações sobre os recursos de mensuração. Anteriormente, os compradores de mídia disseram ao Ad Age que este estava entre os principais desejos da plataforma. A Netflix oferecerá o Digital Ad Ratings, da Nielsen, a partir do quarto trimestre deste ano. Isso permite que profissionais de marketing verifiquem o alcance de seus anúncios na plataforma, bem como obtenham mais informações sobre a audiência.

“Muitas empresas de entretenimento só falam sobre alcance e, não me interpretem mal, isso é extremamente importante”, disse Gorman. “Mas os serviços suportados por anúncios devem realmente ser sobre alcance e engajamento”.

A Netflix também anunciou uma parceria com a EDO, empresa de mensuração de atribuição, que permite aos anunciantes rastrear os resultados comerciais de seus anúncios. Naylor compartilhou os primeiros insights da parceria, incluindo que os espectadores têm quatro vezes mais chances de se envolver com um anúncio na Netflix do que em outros serviços de streaming, além de 4 vezes e meia mais chances em comparação com a TV linear.

O co-CEO Ted Sarandos olhou para o futuro dos recursos de anúncios da Netflix, que, segundo ele, poderiam apresentar oportunidades anteriormente impossíveis na TV linear. “Imagine um comercial envolvente de 30 minutos que se estende por vários dias”, disse. “Então, quando você sai de um programa para assistir a outro, o anúncio segue você e a história continua”, finalizou.

Confira matéria no Meio e Mensagem

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Com Ouros para Africa e AKQA, Brasil atinge 86 Leões
Mais sete premiações da 70ª edição do Festival Internacional de Criatividade de Cannes entregaram troféus aos vencedores nesta quinta-feira, dia 22. Nessas áreas, o Brasil conquistou 21 Leões, sendo 2 de Ouro, 3 de Prata e 16 de Bronze, que elevam a bagagem de prêmios do País neste ano para 86 troféus. Com isso, 26 das 30 […]
STF e TSE anunciam parceria para combater desinformação
O Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciaram nesta quarta-feira (18) uma parceria para o combate à desinformação, especialmente para o período eleitoral. Participaram do anúncio os presidentes do STF, ministro Luiz Fux, e do TSE, ministro Luiz Edson Fachin, além do ministro Alexandre de Moraes, vice-presidente do TSE e integrante do STF. O objetivo é promover ações […]

Receba a newsletter no seu e-mail