Home / Metade dos profissionais se diz preparada para o fim dos cookies

Metade dos profissionais se diz preparada para o fim dos cookies

Fonte: Meio e Mensagem

27 de junho de 2023

Os profissionais de marketing digital que atuam no Brasil estão mais preparados para o fim da extensão do Google Chrome aos cookies de terceiros. É o que indica a pesquisa State of Data Brasil: 2023, realizada pelo IAB Brasil, em parceria com a Nielsen.

Esse estudo, que foi apresentado pela entidade nesta terça-feira, 27, indica uma melhora na preparação dos profissionais em relação às mudanças que estão programadas para 2024, quando for encerrado o suporte aos cookies de terceiros.

Em 2021, na edição anterior da pesquisa, 37% dos profissionais se diziam preparados para o marketing digital sem a extensão aos cookies de terceiros. Já agora, na mais nova pesquisa, esse índice subiu para 52%.

Segundo a pesquisa, 97% dos entrevistados acreditam que as mudanças nos cookies, anunciadas pelo Google, vão afetar de alguma forma o uso de dados de suas empresas.

O estudo foi realizado com base em entrevistas realizadas entre maio e junho deste ano, com 66 profissionais, sendo 56% deles em cargos de liderança, com atuação em agências e sell side plataforms.

Data Clean Rooms

O State of Data Brasil 2023 também procurou mostrar o patamar em que os profissionais estão em relação à adoção de tecnologias de captação e uso de dados.

Essa análise demonstrou que há pouco conhecimento em relação a uma das principais soluções para uso de dados anonimizados – as data clean rooms.

Apenas 18% dos respondentes utilizam data clean rooms nos trabalhos de publicidade digital E 47% dos profissionais ouvidos pela pesquisa desconhecem essa solução.

Nos Estados Unidos, a mesma pesquisa realizada pelo IAB apontou que 47% das empresas ouvidas já utilizam tecnologia de data clean rooms.

Em comunicado, Sabrina Balhes, managing director da Nielsen, diz que é essencial que todos os participantes do ecossistema digital estejam conscientes da necessidade de adotar novas tecnologias centradas na privacidade e baseadas em dados e que esse tema deve ser prioridade na indústria.

No Brasil, dentre as empresas que adotam tecnologias de dados, as mais utilizadas são as data management platforms (usadas por 59%) e customer data platform (32%).

Confira matéria no Meio e Mensagem

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Balanço Conar: Conselho de Ética analisa seis cases
O Conselho de Ética do Conar analisou seis representações na primeira semana de outubro, entre elas, cases da Tirolez e Lohn Bier.
Entenda os detalhes do processo movido pela UE contra o Google
A União Europeia abriu um processo antitruste contra o Google no último dia 14, acusando-o de abusar de seu poder no mercado de publicidade online para prejudicar a concorrência. O Departamento de Justiça dos EUA já havia entrado com uma ação civil semelhante contra a empresa no dia 24 de janeiro de 2023. O ecossistema […]

Receba a newsletter no seu e-mail