Home / Lula defende que regulação de redes sociais seja discutida no G20

Lula defende que regulação de redes sociais seja discutida no G20

Fonte: Poder360

3 de fevereiro de 2023

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) defendeu nesta 5ª feira (2.fev.2023) que a regulamentação das redes sociais seja feita por meio de um debate global e indicou que o fórum de discussão sobre o tema deveria ser o G20.

Ele pretende conversar sobre a questão com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em 10 de fevereiro, quando visitará Washington.publicidade

“Até porque eu acho que a única forma de ter regulação é com diálogo. Não dá para fazer a regulação apenas em um país. Portanto, é preciso que seja um assunto a ser discutido no G20”, disse. O presidente deu a declaração em entrevista à RedeTV, que será exibida às 23h15 desta 5ª feira. O trecho que trata do tema foi veiculado na RedeTV News.

A regulamentação da internet é um tema defendido por Lula desde a campanha eleitoral. Em dezembro, quando foi diplomado como presidente, ele voltou a falar sobre o assunto e culpou as plataformas digitais pela disseminação de “ameaças à democracia”.

“A democracia enfrenta um imenso desafio ao redor do planeta. Talvez maior do que no período da 2ª Guerra Mundial. Inimigos da democracia usam e abusam dos mecanismos de manipulações e mentiras, disponibilizados por plataformas digitais que atuam de maneira gananciosa e absolutamente irresponsável. A máquina de ataques à democracia não tem pátria nem fronteiras”, disse à época.

Na entrevista desta 5ª feira, Lula afirmou que a regulamentação das redes precisa ser feita por meio de um debate entre a sociedade, especialistas e meios de mídia.

“Se é mentira, não pode ser publicado. Eu acho que ninguém fala como fazer. Mas se a gente abrir o debate para a sociedade, se abrir às pessoas que são especialistas em internet, se a gente obrigar os meios de comunicação a fazer discussão”, disse.

Lula se reunirá com Biden em 10 de fevereiro em Washington. Será recebido pelo norte-americano na Casa Branca. Também deve se reunir com deputados democratas no mesmo dia e dar entrevistas a jornais dos Estados Unidos.

Confira matéria no Poder360

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Google paga mais de 300 editores da UE por notícias
O Google assinou acordos para pagar mais de 300 editores na Alemanha, França e outros quatro países da União Europeia por suas notícias e lançará uma ferramenta para facilitar o acesso de outros, disse a empresa à Reuters. A medida segue a adoção de regras de direitos autorais da UE há três anos, que exigem […]
Mídia e Marketing: Eduardo Simon, CEO da agência DPZ&T (áudio)
Eduardo Simon, CEO e sócio da DPZ&T e vice-presidente da ABAP, foi entrevistado no podcast Mídia e Marketing, do UOL. No bate-papo, o executivo falou sobre as mudanças no consumo de mídia e de conteúdo aceleradas pela pandemia, o quanto ainda vão mudar com a tecnologia, a comunicação da marca como entretenimento, a influência cultural […]

Receba a newsletter no seu e-mail