Home / Investimento publicitário nos marketplaces deve crescer 550%

Investimento publicitário nos marketplaces deve crescer 550%

Fonte: Propmark

24 de maio de 2023

A retail media chega ao Brasil como a terceira e mais recente onda do marketing digital. De certa forma impulsionada pela pandemia e pela morte dos cookies, a prática obrigou as pessoas a abraçarem de vez os meios digitais como um canal de consumo e as marcas a buscarem um relacionamento mais especial com o consumidor.

Com o novo cenário, as redes de varejo se tornaram a própria mídia e, agora, possuem um canal direto para estabelecer um diálogo com o consumidor através de seus canais digitais como apps e websites.

Pensando em atestar o crescimento da retail media no Brasil, a Oliver apresenta o estudo Retail Media – Criatividade para estar no lugar certo, na hora certa, que reúne pesquisas e análises de diversos especialistas do mercado de comunicação sobre o crescimento e a importância das estratégias de marketing nas plataformas de mídia digital do varejo.

O estudo conta com participação de líderes de empresas como Mercado Livre, Danone, dp6 e Mimo Live Sales e compila diversas pesquisas, como a do IAB Brasil.

De acordo com previsão do IAB Brasil, o investimento publicitário nos marketplaces do Brasil deve crescer 550% até o fim de 2023, com chances de atingir uma receita de R$ 2,6 bilhões. O GroupM também prevê que a publicidade de empresas de varejo reporte investimentos de US$ 101 bilhões globalmente.

Para o estudo, independentemente do montante exato que vá alcançar, a retail media certamente apresentará altos índices de crescimento. O Global Ad Spend Forecast 2023, da Dentsu, mostra que essa mídia vai liderar o crescimento da publicidade digital no mundo em 2023, com 22% de alta, superando investimentos tradicionais.

Retail Media no Brasil

Segundo a Comscore, atualmente existem 131,5 milhões de pessoas conectadas à internet no Brasil e 90% destes usuários navegam na categoria Retail, o equivalente a 117,8 milhões de pessoas.

Na liderança de audiência dos e-commerces, está o Mercado Livre com 13,9% de share, enquanto Shopee (9,5%) e Amazon Brasil (6,7%) completam o Top 3.

“A Retail Media tem um potencial gigantesco e é uma oportunidade para marcas e agências de o utilizarem como canal de comunicação e capitalizarem para acelerar o crescimento dos negócios. Vale reforçar as suas três principais vantagens: dados proprietários, soluções em toda jornada de decisão de compra e alcance massivo com mentalidade de compra. Neste cenário, o ecossistema de um e-commerce continua sendo chave para o posicionamento de publicidade. Tanto é que um estudo da eMarketer prevê que, em 2023, US$ 1 em cada US$ 5 gastos em publicidade digital vai para o e-commerce”, conta Daniela Keller, head of Agencies Mercado Ads, do Mercado Livre.

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

VML: fusão no Brasil deve ser rápida, mas há incertezas
Anunciada nesta terça-feira, 17 de outubro, a fusão global entre a VMLY&R e a Wunderman Thompson na nova VML será o maior movimento de consolidação de empresas no mercado de agências de publicidade nos últimos anos, envolvendo 30 mil funcionários em 64 países — 17 mil da Wunderman Thompson e 13 mil da VMLY&R. A mesma importância […]
Quais são as tendências para o futuro do trade marketing?
Em meio à pandemia, ascensão do ESG, tensões políticas e econômicas, os consumidores vêm se transformando – e fazendo com que marcas tomem caminhos estratégicos para atendê-los dentro do escopo do trade marketing, por exemplo. A fim de entender tais mudanças e guiar tomadas de decisão, a Y’ALL apresenta a pesquisa ‘O Trade do Futuro’. […]

Receba a newsletter no seu e-mail