Home / Investimento em publicidade ultrapassou R$ 36,7 bi no primeiro semestre de 2023

Investimento em publicidade ultrapassou R$ 36,7 bi no primeiro semestre de 2023

Fonte: Propmark

29 de setembro de 2023

O investimento em publicidade acompanha o momento econômico da sociedade e a prova disso é que houve alta de 10% em compra de mídia, totalizando R$ 36,7 bilhões, na comparação entre o primeiro semestre de 2022 e o mesmo intervalo de 2023.

De acordo com o levantamento, alguns pontos podem explicar esse aumento, como o fim oficial das emergências sanitárias e a volta dos megaeventos, como o Carnaval de Rua.

Os números fazem parte da edição de setembro do Data Stories, conteúdo temático produzido pela Kantar Ibope Media, com o tema “Campanha no ar: Parciais de 2023 sinalizam crescimento da publicidade”. O estudo tem como objetivo trazer uma radiografia da indústria publicitária no primeiro semestre deste ano, auxiliando no planejamento das marcas para as próximas datas comerciais.

Em relação a investimento por setores, os dados apontaram que aqueles ligados ao deslocamento e à exposição lideraram o ranking, uma vez que o semestre analisado foi marcado pelo retorno das atividades presenciais. Nesse contexto, os segmentos que mais cresceram foram Automotivo (52%), Bebidas (42%) e Beleza (34%).

Além disso, a pesquisa também destacou que o vídeo contemplou mais da metade da verba de mídia e, no intervalo estudado pela KIM, 55% do investimento foi aplicado no formato vídeo em cinema, canais digitais e TV aberta ou paga.

Anteriormente, o relatório do Cenp-Meios também apontou para o crescimento do setor, mostrando que mercado registrou um crescimento de 10% no primeiro semestre de 2023. Segundo o dado apresentado, mercado fechou o período com R$ 9,14 bilhões de investimentos em mídia.

Black Friday
A Black Friday de 2023 irá acontecer no dia 24 de novembro e marca uma das datas comerciais mais importantes do segundo semestre.

Em 2022, as categorias que mais apostaram em publicidade foram Lojas de Departamento (US$ 577 mil), Mídia e Conteúdo Digital (US$ 449 mil) e Marketplaces (US$ 287 mil). Já o investimento do Varejo de Telefonia, por sua vez, cresceu 506% apenas entre outubro e novembro.

Do ponto de vista do consumidor, o levantamento apontou que as decisões de compra estão cada vez mais complexas, pois a jornada passa por múltiplos pontos de contato, fontes de informação e razões para comprar ou não. Nesse sentido, preço (58%), entrega rápida (34%) e facilidade de encontrar produtos (27%) são as variáveis mais consideradas pelo comprador.

Sobre os meios de pagamento, os consumidores preferem usar cartão de crédito na hora de finalizar os pedidos. O método foi usado por 49% dos clientes na última Black Friday. Boleto bancário (21%) e pagamentos virtuais (13%) aparecem na sequência.

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

World Creativity Day irá distribuir R$ 14 mi em bolsas de estudo
O Brasil será, mais uma vez, a sede do World Creativity Day, que acontece nos dias 21 e 22 de abril. A organização do evento anunciou que irá distribuir R$ 14 milhões em bolsas de estudos em diferentes escolas criativas parceiras da iniciativa. Leia Mais
Os 25 maiores anunciantes do mundo em 2022
Assim como faz anualmente, a publicação Ad Age listou os 25 maiores anunciantes do mundo, em termos de investimento em publicidade. Para a elaboração da lista, o portal considera os números de seu centro de dados, elaborados com base em informações de investimentos em compra de mídia e ações de marketing realizadas ao longo de […]

Receba a newsletter no seu e-mail