Home / Frances Haugen, que denunciou o Facebook, pede renúncia de Zuckerberg

Frances Haugen, que denunciou o Facebook, pede renúncia de Zuckerberg

Fonte: Canaltech

3 de novembro de 2021

Desde o início de 2021, o Facebook tem enfrentado meses conturbados, com ocorrências como a invasão ao Capitólio, em Washington DC, e a constante desinformação sobre a vacina. Nada se compara, porém, ao que vem acontecendo nas últimas semanas.

Documentos confidenciais da companhia foram expostos e revelaram informações chocantes sobre o que a empresa pensa de usuários jovens, países em desenvolvimento e conteúdo de ódio na plataforma. Para Frances Haugen, a denunciante que forneceu o material à Security and Exchange Commission (SEC), diz que Mark Zuckerberg deve renunciar.

Para ela, apesar de todos os exercícios de relações públicas e de todas as promessas recentes de segurança, nada vai mudar se não houver uma nova liderança. “Acho pouco provável que a empresa mude se Mark Zuckerberg continuar como CEO. O Facebook seria mais forte com alguém disposto a se concentrar em segurança.”

Frances não é a primeira a desejar que ele se retire do cargo de CEO. Em 2019, vários acionistas queriam que Zuckerberg deixasse a posição. Ao longo dos anos, muitos torceram por esse resultado. Só que esse é o mundo de Zuck e nós apenas o vivemos. Na semana passada mesmo, ele anunciou a mudança da marca do Facebook para Meta e declarou que pretende construir o metaverso, um novo mundo virtual. Quem se importa com o que acontece no mundo real?

Confira matéria completa no Canatech

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Brasil é destacado em carta aberta global ao YouTube cobrando ação contra desinformação desenfreada
Uma carta aberta assinada por mais de 80 organizações de verificação de fatos de 40 países exige que o YouTube enfrente a disseminação desenfreada de fake news em sua plataforma. Entre os signatários estão as agências brasileiras Aos Fatos e Lupa.
Mercado debate adequação à LGPD
Painel do 9º Congresso Brasileiro de Pesquisa de Mercado, Opinião e Mídia, realizado pela ABEP, debateu a LGPD e os riscos da não adequação das empresas. O presidente da ABAP, Mario D’Andrea, participou do painel e advertiu: “A relação de credibilidade e confiança construída ao longo de tantos anos pelas marcas pode ser afetada, e […]

Receba a newsletter no seu e-mail