Home / Fox News pagará R$ 3,9 bi após fake news contra fabricante de urnas

Fox News pagará R$ 3,9 bi após fake news contra fabricante de urnas

Fonte: Metrópoles

19 de abril de 2023

A emissora norte-americana Fox News fechou um acordo judicial para acabar com um processo de difamação movido pela fabricante de urnas eletrônicas Dominion Voting Systems, nesta terça-feira (18/4). O canal de notícias deverá pagar US$ 787,5 milhões (cerca de R$ 3,9 bilhões) à empresa.

“As partes resolveram seu litígio”, declarou Eric Davis, juiz da Suprema Corte de Delaware, nos Estados Unidos, e acrescentou que não haverá julgamento no processo de US$ 1,6 bilhão (cerca de R$ 8 bilhões).

A Dominion Voting Systems entrou com um processo contra a Fox News em março de 2021 com a alegação de que o canal promoveu as falsas alegações do republicano Donald Trump de que urnas eletrônicas da empresa foram utilizadas para fraudar a eleição presidencial de 2020, que deu a vitória ao democrata Joe Biden.

O dono do canal de notícias, Rupert Murdoch, admitiu em uma declaração apresentada no processo que alguns âncoras “endossaram” no ar a informação falsa divulgada por apoiadores de Trump de que a eleição de 2020 foi roubada. A programação da Fox News tem como base a participação de comentaristas políticos.

Entretanto, Murdoch negou que a emissora promoveu falsas alegações sobre o processo eleitoral que deu a vitória a Biden.

“Estamos felizes de chegar a uma solução de nosso litígio com a Dominion Voting Systems”, declarou a emissora em comunicado.

Confira matéria no Metrópoles

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Juliana Albuquerque é a nova VP executiva do Conar
Juliana Albuquerque assume a Vice-Presidência Executiva do Conar, em substituição a Edney Narchi, que acaba de se aposentar, depois de 38 anos de serviços à autorregulamentação publicitária. Advogada formada pela PUC/SP, Juliana foi o braço direito de Edney pelos últimos 22 anos. Entre as suas responsabilidades, estava a tramitação das representações no Conselho de Ética […]
França confirma ‘imposto digital’ para gigantes de tecnologia
O Ministério da Economia da França confirmou que aplicará um imposto sobre as grandes empresas do setor digital a partir de dezembro deste ano. A medida atingirá empresas como Google, Amazon, Facebook e Apple.Leia Mais

Receba a newsletter no seu e-mail