Home / EUA gastam 400% a mais em anúncios de apostas esportivas

EUA gastam 400% a mais em anúncios de apostas esportivas

Fonte: Propmark

30 de junho de 2023

A Disqo divulgou uma pesquisa que apontou que os gastos dos EUA com anúncios de apostas esportivas devem chegar a US$ 2 bilhões em 2023, representando um aumento de 8% em relação ao ano anterior.

Antes de 2018, Nevada era o único estado dos EUA que oferecia apostas esportivas legais, mas uma decisão da Suprema Corte concedeu aos estados individuais o direito de decidir se deveria ser legalizado. Atualmente, as apostas esportivas são legalizadas em 37 estados.

“Embora ninguém saiba realmente como as pressões regulatórias e competitivas afetarão o setor em três a cinco anos, está claro que as apostas esportivas vieram para ficar e continuarão a crescer agressivamente”, afirmou Patrick Egan, diretor de pesquisa e insights da Disqo.

Segundo o levantamento, as empresas de apostas como BetMGM, DraftKings e FanDuel estão testando novas maneiras de ganhar negócios com jogadores existentes, bem como atrair apostadores iniciantes. Além disso, é esperado que 32 milhões de americanos adultos façam uma aposta online até 2025, o que representa um aumento de 39% em relação a 2022.

Apesar de ser legalizado, o público dos EUA parece ter sentimentos negativos em relação à publicidade de jogos de azar e, de acordo com a Disqo, cerca de 40% dos entrevistados acham que as ligas esportivas dos EUA podem prejudicar sua reputação ao fazer parceria com marcas de jogos de azar, enquanto outros 30% acreditam que celebridades e redes de TV correm o risco de fazer o mesmo.

As apostas nos EUA estão intimamente associadas à NFL, com 80% dos gastos anuais com anúncios de TV das marcas de jogos de azar alocados para a liga de futebol americano. Durante a temporada de 2022 da NFL, as empresas de apostas representaram 5% de todas as impressões de anúncios de TV nas primeiras semanas do torneio.

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Engatinhando: ANPD sinaliza caminho da conscientização e diálogo
No último sábado (28/01), foi comemorado o Dia Internacional da Proteção de Dados. Aqui no Brasil, a expectativa do mercado e das empresas é para a publicação que vai estabelecer a dosimetria das sanções que serão aplicadas àqueles que infringirem as regras estabelecidas na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que está há quase três anos em vigor. […]
Agências devem parar de dar exclusividade de categoria aos clientes
A exclusividade da categoria foi desenvolvida décadas atrás e adotada na era Mad Men , quando os clientes viam as agências como parceiras de negócios indispensáveis. Embora o negócio tenha evoluído para refletir as mudanças na dinâmica do mercado, os clientes continuam apegados à noção de exclusividade. Hoje, as relações cliente-agência são caracterizadas por contratos mais curtos e […]

Receba a newsletter no seu e-mail