Home / União Europeia abre investigação sobre acordo Google-Facebook de publicidade online

União Europeia abre investigação sobre acordo Google-Facebook de publicidade online

Autoria: G1

11 de março de 2022

Braço executivo da UE está investigando o acordo, chamado “Jedi Blue”, para descobrir se foi usado para limitar a concorrência.

A Comissão Europeia anunciou nesta sexta-feira (11) que abriu uma investigação sobre um acordo assinado em 2018 pelas gigantes Google e Meta (matriz do Facebook), que supostamente consolidaria a sua posição dominante na publicidade online.

O braço executivo da União Europeia disse que está investigando o acordo, chamado “Jedi Blue”, para descobrir se foi usado para “limitar a concorrência em um mercado altamente concentrado”.

“Jedi Blue” já está sendo investigado nos Estados Unidos, onde os dois grupos são acusados de terem assinado um acordo ilegal para aproveitar o domínio no mercado de publicidade online.

Da mesma forma, a Comissão Europeia suspeita que Facebook e Google tenham manipulado, em detrimento de seus concorrentes, o sistema ultrassofisticado que determina quais anúncios são exibidos em páginas da web com base no perfil anônimo do usuário na internet.

Em comunicado, a Google destacou que “as alegações apresentadas neste caso são falsas” e garantiu que o acordo com a Meta “é um acordo publicamente documentado e a favor da concorrência”.

Por sua vez, a Meta indicou sua disposição de cooperar com as investigações, mas insistiu que o acordo permitia “um aumento de valor para anunciantes e publicitários” e que isso gera “melhores resultados para todos”.

Na prática, a Google fornece a tecnologia que serve de ponte entre anunciantes e editores de sites leiloando espaço publicitário online em tempo real. Por sua vez, a Meta (Facebook) presta serviços de visualização de publicidade online e participa em leilões de espaços publicitários de terceiros, particularmente por meio das tecnologias Google.

Processos

No final de 2020, a Google foi alvo de três processos antimonopólio nos Estados Unidos, principalmente após seu acordo com o Facebook. O acordo “Jedi Blue” também está sendo investigado pela Autoridade de Concorrência do Reino Unido.

A diretora da Autoridade Britânica, Andrea Coscelli, destacou que a entidade não hesitará em “analisar o comportamento das grandes empresas de tecnologia”.

Bruxelas já havia anunciado em junho de 2021 a abertura de uma investigação contra a Google por práticas anticoncorrência em tecnologias de visualização de publicidade online.

Confira matéria no G1

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Dança das contas detecta 290 novos negócios em 2021
Monitoramento anual do Meio&Mensagem mostrou que, apesar da pandemia, o mercado fechou o ano com mais movimentações do que as observadas nos anos anteriores.
O futuro da publicidade digital com a queda dos cookies de terceiros
Já é oficial: o Google anunciou que os cookies de terceiros terão o seu fim decretado até 2023. Isso significa que milhares de empresas que investem em anúncios digitais terão que recorrer a novas alternativas para entregar experiências personalizadas aos internautas. Isso é fruto da demanda por maior transparência e da desconfiança do consumidor, que […]

Receba a newsletter no seu e-mail