Home / E-commerce movimentou US$ 479 bilhões em 2023 na América Latina

E-commerce movimentou US$ 479 bilhões em 2023 na América Latina

Fonte: Propmark

20 de dezembro de 2023

Estudo do PagSeguro, o E-commerce and Payment Landscape in Latin America  mostrou que a movimentação do e-commerce da América Latina alcançou US$ 479 bilhões em 2023, devendo chegar a US$ 870 bilhões em 2026.

O Brasil lidera o ranking movimentando US$ 275 bilhões, devendo a chegar a US$ 435 bilhões em 2026.

Atualmente, 73% das compras online nesses países são feitas por meio de dispositivos móveis, contra 55% de 2020. O México lidera com a maior parcela de transações móveis em volume total de comércio eletrônico, seguido pela Colômbia, enquanto o Chile apresenta a menor taxa. No Peru, na Colômbia, no Chile e no México, menos de 40% da população têm acesso a um computador. Na Argentina, a taxa é de 63%, e no Brasil, 58%.

Entre os meios de pagamento, o relatório aponta tendência de crescimento do Pix de 17% para 19% entre 2023 e 2026 e dos bank transfers (que incluem pagamentos instantâneos de outros países Latam) indo de 5% para 7% entre 2023 e 2026.

Desde 2018, a parcela de pagamentos de comércio eletrônico feitos por meio de cartões de crédito na região diminuiu de 55% para 47%, com projeção de cair para 43% até 2026, mas mantendo a liderança entre os métodos mais usados para pagamentos online, por conta da possibilidade de parcelamento.

América Latina no topo
O relatório indica que a América Latina tem se destacado no cenário global como a região onde as vendas de varejo online mais cresceram. Suas transações de comércio eletrônico no varejo aumentaram 30% ao ano em 2023, em comparação com 14% nos Estados Unidos e 12% na Europa.

Além disso, espera-se que as vendas de varejo online continuem expandindo a uma taxa mais rápida na América Latina, com uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 21%, em comparação com 15% na África e 11% nos Estados Unidos.

A maior vertical no comércio eletrônico, o varejo, é atualmente um mercado de US$ 258 bilhões nos seis principais mercados e espera-se que atinja US$ 454 bilhões até 2026.

Brasil e México lideram o setor de e-commerce regionalmente, respondendo por 70% de todas as transações dos países pesquisados. Além disso, o México se destaca como o setor de varejo online de crescimento mais rápido na região, com aumento de vendas para este setor esperado a uma CAGR de 33% no país até 2026.

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Sessão plenária faz homenagem a Edney Narchi, que deixa o Conar após 38 anos
O Conselho de Ética do Conar, reunido em sessão plenária na manhã de hoje, rendeu homenagem a Edney Narchi, que se aposentou depois de 38 anos de serviços à auto-regulamentação publicitária brasileira. Mais de 80 pessoas, entre conselheiros, membro da diretoria e das entidades fundadoras do Conar e convidados estiveram presentes à sessão. Também esteve […]
Conar nomeia Gilberto Leifert como presidente emérito
Presidente do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) por 20 anos, Gilbert Leifert será nomeado presidente emérito da entidade publicitária. Ex-executivo da área de negócios da Globo, Leifert presidiu o Conar de 1998 até julho de 2018, tendo sido o profissional que mais tempo permaneceu no comando da entidade que tem, como objetivo, zelar pela […]

Receba a newsletter no seu e-mail