Home / Balanço Conar: Conselho de Ética analisa sete cases

Balanço Conar: Conselho de Ética analisa sete cases

Fonte: Conar

20 de outubro de 2021

A 6ª Câmara do Conselho de Ética do Conar realizou reunião virtual na manhã de 20 de outubro e analisou sete representações.

Confira os resultados:

Representação Nº 160/21, “Ora Pro Nobis – American Top”. Resultado: sustação agravada por advertência ao anunciante, por unanimidade.

Representação Nº 172/21, “B2W Companhia Digital – Americanas – Pedido confirmado”. Resultado: alteração agravada por advertência ao anunciante, por unanimidade.

Representação Nº 177/21, “Divina Dist. de Vitaminas Naturais Sundown Rexall – Sundown Vitamina D – 2000 UI”. Resultado: alteração da embalagem e site, arquivamento para os demais questionamentos, por unanimidade.

Representação Nº 179/21, “Huawei Freebuds 4I- R$549,00”. Resultado: alteração por unanimidade.

Representação Nº 182/21, “O Primo Rico Mídia, Educacional e Participações e Infostocks Informações e Sistemas – Thiago Nigro: conheça a trajetória do primo rico, maior influenciador de finanças do mundo”. Resultado: alteração agravada por advertência ao anunciante, por unanimidade.

Representação Nº 199/21, “Grand Cru Bela Cintra e Faria Lima Elevator – O Brasil me obriga a beber, diariamente. O estag até automatizou o processo”. Resultado: sustação agravada por advertência aos anunciantes, por unanimidade.

Representação Nº 200/21, “Coco Bambu – O melhor restaurante do Brasil”. Resultado: alteração por unanimidade.

Participaram da reunião os conselheiros Adriana Pinheiro Machado, Antonio Toledano, Augusto Fortuna, Emmanuel Martins, Gustavo Neder, Hiram Baroli, José Francisco Eustachio, José Francisco Queiroz, Juliana Janot Vilhena Nascimento, Larissa Moré, Luiz Fernando Constantino, Luiz Guilherme Valente, Nelcina Tropardi, presidente da 6ª Câmara do Conselho de Ética, Paulo Chueiri, Paulo Zoega, Péricles D’Avila Mendes Neto e Rubens da Costa Santos.

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Turquia multa Google e concede prazo para alterações
A Turquia aplicou multa de US $25,5 milhões ao Google por abuso de seu domínio. A autoridade da concorrência afirma que a Alphabet dificulta a participação das empresas nas buscas se elas não compram espaço publicitário da companhiaLeia Mais
Google cobra o dobro por anúncio, diz processo
O Google fica com algo entre 22% e 42% dos gastos com publicidade dos Estados Unidos, de acordo com o novo processo judicial não editado (quando se retiram trechos confidenciais ou privados do texto) de procuradores-gerais estaduais. O processo, revelado pelo “The Wall Street Journal”, lança uma nova luz sobre como a companhia lucra com sua […]

Receba a newsletter no seu e-mail