Home / Balanço Conar: Conselho de Ética analisa onze representações

Balanço Conar: Conselho de Ética analisa onze representações

Fonte: Conar

8 de junho de 2021

O Conselho de Ética do Conar realizou duas reuniões nos últimos dias e analisou cinco representações, entre elas, cases da TIM, Ambev e Serasa. 

A 1ª Câmara do Conselho de Ética do Conar abriu as reuniões de abril no dia 8. Confira os resultados:

Representação Nº 155/20, “Evolution Shape, Forma Ideal Red Burner, Rossanna Passos e Web Diva Tulla Luana – Estamos literalmente felizes e satisfeitos, com o resultado do tratamento com o Evolution Shape, o chá red e o detox!”. Resultado: sustação do anúncio em site, alteração para Web Diva, advertência a Rossana Passos e arquivamento para os demais questionamentos, por unanimidade.

Representação Nº 190/20, em recurso ordinário “Unilever Brasil – Omo – Eficácia 100% comprovada contra o vírus da Covid-19”. Resultado: arquivamento por unanimidade.

Representação Nº 234/20, “TIM Pré Top”. Resultado: alteração por unanimidade.

Representação Nº 266/20, “Ambev e Zé Neto e Cristiano – Alô Ambev”. Resultado: alteração por maioria de votos, agravada por advertência aos anunciantes, por unanimidade.

Representação Nº 033/21, “Ambev e Zé Neto e Cristiano – Alô Ambev”. Resultado: alteração por maioria de votos, agravada por advertência aos anunciantes, por unanimidade.

Participaram da reunião os conselheiros Bruno Bonfanti, Bruno Smaldino, Carlos Namur, Cyd Alvarez, presidente da 1ª Câmara do Conselho de Ética, Emmanuel Públio Dias, Erh Ray, Isabela Rodrigues, Marcel Leonardi, Marcelo Benez, Mariana Pimentel, Melissa Vogel, Mirella Fadel, Murilo Nassif, Patricia Picolo, Renata Garrido e Silvio Soledade.

No dia 15 de abril, se reuniu a 2ª Câmara do Conselho de Ética. Veja os resultados:

Representação Nº 186/20, em recurso ordinário, “Serasa – Seu CPF foi consultado”. Resultado: alteração por unanimidade.

Representação Nº 224/20, em recurso ordinário, “Samsung – Absurdamente acessível”. Resultado: arquivamento por maioria de votos.

Representação Nº 267/20, “Cervejaria Cidade Imperial Petrópolis e Mariano – eu mereço, né”. Resultado: alteração, por unanimidade, agravada por advertência aos responsáveis, por maioria de votos.

Representação Nº 269/20, “Alice Cappella – Máscara de tricot antiviral”. Resultado: arquivamento por unanimidade.

Representação Nº 035/21, “Casa Group VM”. Resultado: alteração por unanimidade.

Representação Nº 045/21, “TIM Pré Top”. Resultado: alteração por unanimidade.

Participaram da reunião os conselheiros André Luiz Duarte Dias, Antônio Godoy, Átila Francucci, Carlos Chiesa, Cláudio Kalim, Cristina De Bonis, Ênio Vergeiro, José Maurício Pires Alves, José Pereira Guabiraba, Luciana Burger, Marcelo Reis, Márcia Esteves, Maria Tereza Sadek, Patrícia Blanco, Priscilla Cerutti, Ruy Lindenberg e Tânia Pavlovsky.

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

As redes não são um serviço público neutro
“As plataformas se veem como um tipo de serviço público neutro, como um veículo à liberdade de expressão, o que não são”, explica Nandini Jammi, cocriadora do Sleeping Giants nos EUA. Ela aborda a publicidade programática, discute a tática encontrada para desmonetizar sites desinformativos e se posiciona sobre a responsabilidade das plataformas na contenção de discursos […]
Abert pressiona pela regulação das big techs
Na abertura do Seminário Luso Brasileiro de Radiodifusão, que aconteceu em Portugal nesta segunda-feira, 13, o presidente da Abert, Flávio Lara Resende, cobrou do Governo e do Congresso medidas para equiparar a competição entre emissoras e OTTs, além de regulação das plataformas digitais das big techs. Para ele, a concorrência é desleal. Segundo o executivo, […]

Receba a newsletter no seu e-mail