Home / América Latina lidera o uso de apps de fintechs e e-commerce

América Latina lidera o uso de apps de fintechs e e-commerce

Fonte: Propmark

27 de abril de 2023

A Adjus lançou o relatório anual Mobile App Trends, que apontou detalhes sobre o mercado de aplicativos em todo o mundo e mostrou que o ano de 2023 deve continuar apresentando um aumento nas instalações de apps mobile das categorias e-commerce, fintech e gaming.  

O relatório, baseado em conjuntos de dados totalizando mais de 100 mil aplicativos mensurados pela empresa, tem como objetivo analisar as tendências de longo prazo em taxas globais de instalação, sessão, tempo gasto in-app, retenção, taxas de reatribuição e mais ao redor do mundo.

“As condições globais e as exigências dos usuários estão evoluindo de forma rápida, mas a necessidade de crescimento e retorno sobre investimento no mercado mobile permanece a mesma”, afirmou Simon “Bobby” Dussart, CEO da Adjust.

Fintechs
Apesar dos obstáculos econômicos, os apps de fintechs aumentaram suas representações pelo mundo, especialmente na América Latina, onde registrou um aumento de instalações de 8%.

O aumento fez com que a região se tornasse a segunda com o maior registro consolidado de crescimento, ficando atrás apenas da EMEA (Europa, Oriente Médio e África), que registrou um crescimento de 10%.

Além disso, os latino-americanos estão liderando a quantidade de interações ativas nos aplicativos, registrando um aumento de 54% nas sessões, enquanto a EMEA registrou 40% e a Ásia-Pacífico, 30%.

No levantamento, a Adjust também traz um ranking da Apptopia, que apontou que o app brasileiro “Nubank” ficou em sétimo lugar na categoria “10 aplicativos de finanças mais baixados em 2022”, com cerca de 49 milhões de instalações. Já o “Caixa Tem” registrou 38 milhões, ocupando a última posição.

Segundo o estudo, a participação de fintechs brasileiras no ranking é reforçada pelo fato de que, no Brasil, 45,5% da população preferem os bancos digitais . Eles somam em torno de 1 bilhão das contas abertas no país.

E-commerce e marketplace
Em relação ao comércio eletrônico, a América Latina também apresentou um aumento expressivo de 11% nas instalações de aplicativos de e-commerce. A região também liderou o ranking de quantidade de acessos nesses aplicativos, com um crescimento de 20%.

No ranking de aplicativos mais instalados do setor, a Shein ocupou a primeira posição, com cerca de 229 milhões de downloads, quanto a Shopee e a Amazon aparecem na lista em terceira e quarta posições. O Mercado Livre ocupou a 10ª posição do ranking, com 58 milhões de instalações.

Games
No setor de games, os dados mostram que as instalações diminuíram em 12% em 2022 se comparado ao ano anterior, sendo que América do Norte foi a região mais afetada, com uma queda de 20%. A América Latina registrou a menor queda, com 6%.

O cenário também se repete quando se trata da quantidade de interações com os apps, em que a maior queda nas seções de games mobile foi registrada na América do Norte, com uma diminuição de 25%. Já os latino-americanos reduziram as aberturas destes apps em 12%.

Ainda assim, o estudo apontou que o Brasil segue sendo o maior consumidor de jogos na América Latina e que, no país, este segmento deve crescer 7,91% de 2023 até 2027, resultando em um volume de mercado de US$ 3.304 milhões em 2027.

Rastreamento de dados
A atualização da função anti-rastreamento (ATT) da Apple, para o iOS 14.5, fez com que os profissionais de marketing mobile fossem obrigados a solicitar o consentimento para rastrear as preferências dos usuários e conseguirem oferecer conteúdos e anúncios mais personalizados.

De acordo com a Adjust, os consumidores estão ficando cada vez mais informados sobre esse tópico, o que tem resultado em um aumento contínuo da taxa de opt-in, que consiste na permissão ofertada pelo usuário para que a empresa possa enviar mensagens de texto ao aparelho com ofertas, conteúdos e serviços.

“Oferecer experiências altamente personalizadas e descomplicadas para o usuário, executar campanhas em diferentes plataformas e explorar o potencial de novos canais, tais como a TV Conectada, terão um valor imensurável para profissionais de marketing e desenvolvedores de aplicativos que buscam um crescimento sustentável e estratégico em 2023 e nos anos seguintes”, completou Dussart.

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Importância da acessibilidade digital para garantia dos direitos previstos na LGPD
Talvez espante dizer que o mundo digital está longe de ser 100% acessível, em um momento no qual as informações parecem estar difundidas ao alcance de todos. Mais do que se conhece sobre o assunto, a “acessibilidade digital” revela a possibilidade de interação para a utilização, em igualdade de oportunidades, com segurança e autonomia, em sítios […]
A importância do CRM na jornada do varejo em 2023
Já está na agenda dos líderes de marketing, há algum tempo, a importância do uso de dados e de se aprimorar os sistemas de gestão de relacionamento com o cliente (CRM), para melhorar os resultados de vendas e otimizar os investimentos em comunicação, nos mais diversos canais hoje disponíveis. É a velocidade acelerada da integração […]

Receba a newsletter no seu e-mail