Home / As 50 mulheres de impacto na América Latina, segundo a Bloomberg

As 50 mulheres de impacto na América Latina, segundo a Bloomberg

Fonte: Meio e Mensagem

14 de março de 2023

Quem são as mulheres da região da América Latina que, por meio de seu trabalho e área de atuação, estão promovendo transformações em suas empresas, países e comunidades?

Pelo segundo ano, a Bloomberg Línea tenta responder essa questão por meio da lista das 50 Mulheres de Impacto da América Latina.

A ideia é apresentar mulheres dos variados países do continente que estejam se sobressaindo em suas áreas e, com isso, gerando transformação.

As indicadas foram selecionadas pelo conselho editorial da Bloomberg Linea após análises de desempenho de centenas de profissionais do sexo feminino.

As brasileiras de impacto na América Latina

A lista da Bloomberg Línea traz várias profissionais brasileiras, entre elas algumas que atuam na área de publicidade, comunicação e marketing.

Entre elas, estão Gabriela Comazzetto, head de soluções globais do TikTok, que foi vencedora do Prêmio Caboré em 2022, na categoria Profissional de Veículo, e também homenageada pelo Women to Watch no ano passado.

Também faz parte da lista a sócia e CEO da Lew’Lara\TBWA, Marcia Esteves. Também homenageada pelo Women to Watch em 2018 e deve, em breve, ser a primeira mulher presidente da Associação Brasileira das Agências de Publicidade (Abap).

Outra profissional brasileira destacada na lista da Bloomberg Línea é Paula Lindenberg, presidente da Diageo no Brasil, Paraguai e Uruguai e que também foi homenageada pelo Women to Watch em 2025.

A lista traz, ainda, outras executivas, como Tarciana Medeiros, Mariana Oiticica, head de ESG do BTG Pactual e Lidiane Jones, CEO da Slack no Brasil.

Celebridades e personalidades

A lista da Bloomberg Línea também mapeia as personalidades latino-americanas de maior destaque em diversas indústrias.

A cantora Anitta, que além da carreira musical, também é investidora da Fazenda Futuro, aparece na lista. No cenário da música, a cantora colombiana Shakira também figura na lista da Bloomberg.

Entre as brasileiras, também foram destacadas a atriz Taís Araújo, que também é dona de uma marca de produtos, a HotMamma; a apresentadora Sabrina Sato, dona da empresa Be Brave; a influenciadora Virgina Fonseca, proprietária da marca de beleza WePink, além da atleta Rayssa Leal, campeã mundial de skate.

Veja, abaixo, a lista das 50 mulheres de impacto na América Latina em 2023, em ordem alfabética:

Aimée Sentmat de Grimaldo – Panamá
Ana Cabral Gardner – Brasil
Anitta – Brasil
Bertha González Nieves – México
Carla Barboto – Equador
Carol Bassi – Brasil
Carolina Cavenaghi – Brasil
Christine Kenna – México
Cristina Betts – Brasil
Diana Flores – México
Elza González – México
Erika Liriano – República Dominicana
Fernanda Guarro – México
Flavia Almeida – Brasil
Gabriela Aguillar – Argentina
Gabriela Comazzetto – Brasil
Gabriela Renaudo – Argentina
Ignacia Hernádez – Chile
Ilya Espino de Marotta – Panamá
Jessica Siqueira Manzano – Brasil
Karol G – Colômbia
Laiz Carvalho – Brasil
Lali Espósito – Argentina
Laura Castro – México
Laura Cruz – México
Lidiane Jones – Brasil
Liliana Reyes – México
Marcia Esteves – Brasil
Margarita Henao – Colômbia
Mariana Oiticica – Brasil
Maria Fernanda Garza – México
Maria Paz Jervis – Equador
María Rios – El Salvador
Olga Lucía Acosta – Colômbia
Patricia Pomies – Argentina
Paula Lindenberg – Brasil
Piá León – Peru
Rayssa Leal – Brasil
Rebeca Santos – Honduras
Rosanna Costa – Chile
Sabrina Sato – Brasil
Samantha Ricciardi – México
Sara Delfim – Brasil
Shakira – Colômbia
Sylvia Brasil Coutinho – Brasil
Tarciana Medeiros – Brasil
Taís Araújo – Brasil
Tini Stoessel – Argentina
Virginia Fonseca – Brasil
Yulimar Rojas – Venezuela

Confira matéria no Meio e Mensagem

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

O que Garrincha tem a ver com estratégias de negócios?
Em artigo para o Jornal Leader, Mario D’Andrea, presidente da ABAP, faz um paralelo entre as estratégias empresariais e o questionamento que Garrincha fez à uma jogada ensaiada que seria adotada pelo Brasil na Copa de 58. Leia Mais
Governo Biden acusa big techs de fraude na semana que elas atingem o ápice do lucro
Em sua primeira apresentação no Congresso dos EUA, a presidente do FTC (Federal Trade Commission), Lina Khan, explicou como o órgão pretende entender o funcionamento dos algoritmos nas Big Techs para evitar fraudes.

Receba a newsletter no seu e-mail