Home / ABA traz para o Brasil o segundo Censo Global de DE&I em marketing em parceria com a WFA

ABA traz para o Brasil o segundo Censo Global de DE&I em marketing em parceria com a WFA

Autoria: Aba

23 de março de 2023

A Associação Brasileira de Anunciantes (ABA) lançou na última quarta-feira (15), o segundo Censo Global de DE&I em marketing, em parceria com a World Federation of Advertisers (WFA), entidade global que representa os anunciantes e a qual a ABA é filiada e membro de seu Executive Committee.

A iniciativa, fruto da coalizão de 10 organizações globais de marketing e publicidade como WFA, VoxComm, Campaign, Kantar, Advertising Week, Cannes Lions, Effie Worldwide, IAA, Global Web Index (GWI) e Adweek –, é apoiada por uma lista crescente de empresas globais, incluindo Bayer, BP, Danone, Diageo, Dentsu, The Estée Lauder Companies, Haleon, Havas, Kraft Heinz, L’Oréal, McCann, Philips, Reckitt, Sanofi e WPP.

O questionário foi desenvolvido pela iniciativa All In Census UK, fruto da parceria entre a Advertising Association (IPA) e Incorporated Society of British Advertisers (ISBA), com adaptações às industrias locais dos 33 países participantes: Argentina, Brasil, Canadá, Finlândia, Alemanha, Grécia, Hong Kong, RAE, Itália, Irlanda, Índia, Japão, Malásia, Nova Zelândia, Holanda, Noruega, Paquistão, Filipinas, Polônia, Portugal, Cingapura, Eslovênia, África do Sul, Espanha , Suécia, Suíça, Turquia, Conselho de Cooperação do Golfo (Bahrein, Kuwait, Omã, Catar, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos) e EUA.

O objetivo do projeto é o de medir o estado de diversidade, equidade e inclusão na indústria publicitária, bem como o sentimento de pertencimento das pessoas, a ausência de discriminação e a presença de comportamentos negativos.

“O que é medido é gerenciado. Nossa indústria está enfrentando uma crise de talentos bem documentada. Garantir que nosso setor seja mais diversificado, equitativo e inclusivo ajudará muito a enfrentar esse desafio. Existem casos morais e comerciais claros, que explicam por que nossa indústria deve refletir melhor a diversidade de consumidores que todos almejamos alcançar. É por isso que este exercício é tão crítico”, afirma Stephan Loerke, CEO da WFA.

“Defendemos um marketing sustentável, diverso e inclusivo. Estimulamos que as marcas sejam progressivas e inovadoras e, para isso, a diversidade, equidade e inclusão precisam fazem parte da cultura das organizações, o que refletirá no marketing e nas comunicações externas. Esse é o caminho do futuro e esperamos que nossas iniciativas contribuam para essa evolução do ecossistema publicitário. Ao incluir DE&I em suas comunicações, as marcas aproveitam oportunidades antes perdidas ao não olhar para a pluralidade de consumidores que temos, abrem caminho para a inovação e, principalmente, ajudam a mitigar importantes questões sociais, que é o que os consumidores esperam das organizações hoje, o que contribui para melhores performance e reputação.”, pontua Nelcina Tropardi, Presidente da ABA.

“Cumprindo seu propósito de “Mobilizar o marketing para transformar os negócios e a sociedade”, a ABA tem a diversidade, equidade e inclusão como pautas prioritárias em sua agenda estratégica e atua com diversas iniciativas que fomentam a importância dessa cultura fazer parte das empresas, motivando-as a desenvolver práticas para não perderem voz e garantirem adequação diante de um consumidor cada vez mais engajado e exigente em relação a protocolos incompatíveis e excludentes.”, comenta Sandra Martinelli, Presidente Executiva da ABA.

O Censo estará aberto para respostas entre 15 de março e 15 de abril. Os resultados serão divulgados em junho de 2023 e serão utilizados para monitorar o progresso do censo inaugural de 2021, que abrangeu 27 mercados, e que contou com a participação ativa da ABA, resultando na criação da A Carta Global DE&I para Mudança”, elaborada originalmente pela WFA e lançada no mercado brasileiro pela ABA em outubro de 2022.

Para participar, os profissionais de marketing de todo o ecossistema de marketing – anunciantes, agências, mídia, tecnologia de anúncios e plataformas – poderão preencher um questionário totalmente anônimo, que levará cerca de 15 minutos, com questões sobre perfil demográfico, incluindo raça, etnia, religião, idade (de acordo com estruturas legais locais), bem como suas experiências em seu local de trabalho.

Confira na Aba

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

IA como ferramenta de marketing: quais os desafios e benefícios
A revolução tecnológica tem impulsionado a integração da Inteligência Artificial (IA) em diversos setores, e o marketing não é exceção. A aplicação da tecnologia como uma ferramenta de marketing oferece inúmeras oportunidades para acelerar a descoberta de informações que personalizam campanhas e aperfeiçoam o atendimento ao cliente. No entanto, é crucial que os controles adequados […]
EUA: ‘governo não quer matar big techs’, mas melhorá-las, diz assessor
O assessor especial da presidência dos EUA para tecnologia e políticas de concorrência, Tim Wu, explicou que os esforços da Casa Branca para restringir o poder das Big Techs tem como objetivo torná-las mais competitivas.

Receba a newsletter no seu e-mail