Home / 65% empresas já têm cultura de dados na área de comunicação, diz pesquisa

65% empresas já têm cultura de dados na área de comunicação, diz pesquisa

Fonte: Propmark

22 de agosto de 2023

No ambiente de negócios cada vez mais complexo e dinâmico, a Comunicação deixou de ser uma área de apoio aos negócios e passou a contribuir decisivamente com os retornos em vendas, faturamento e receita. Prova disso é que dois terços das empresas já estão trilhando o caminho da cultura de dados. É o que indica a pesquisa “Cultura de Dados e Mensuração em Comunicação Empresarial”, feita pela Aberje – Associação Brasileira de Comunicação Empresarial em parceria com a Cortex.

O estudo contou com a participação de 108 empresas de 11 estados brasileiros, representando vários setores de atividade econômica, abordando o universo da cultura organizacional das empresas, na gestão de suas ações de comunicação, e as intersecções entre a área de Comunicação e sua cultura de dados, em relação à origem dos dados, sua arquitetura, governança e integração.

“Conseguimos enxergar um nível razoável de maturidade nas empresas, com 51% das áreas de comunicação em um nível intermediário e 14% já em estágio avançado com relação à cultura de dados”, destacou Carlos Ramello, coordenador do núcleo de pesquisas da Aberje.

Na prática isso mostra que a maioria das empresas não está apenas coletando e armazenando dados. Mas sim estão transformando esses números em insights poderosos que podem orientar as decisões estratégicas da comunicação.

Desbravando a Estratégia de Comunicação

O estudo examinou os modelos de gestão da comunicação das empresas. 73% das participantes elaboram um plano integrado de comunicação, enquanto apenas 17% planejam e executam ações a partir de demandas das outras áreas da empresa. As ações de comunicação são distribuídas em três principais: gerenciamento da reputação e valor da marca no público externo (79%), gestão do engajamento interno das equipes (73%) e prevenção e gestão de crises de reputação para todos os públicos (69%).

Objetivos Estratégicos Conectados à Comunicação

Dentre os objetivos estratégicos das organizações que estão mais conectados às ações de comunicação, aumento do engajamento dos funcionários (82%) e agenda de temas ESG (81%) são os principais. Além disso, crises de reputação (68%) e a expansão da participação no mercado (56%) também são aspectos frequentemente interligados.

Construindo Pontes Estratégicas com Dados

Uma das descobertas fundamentais do estudo é o papel essencial dos dados na tomada de decisões estratégicas. Processos de comunicação como a comunicação digital (83%), relacionamento com a imprensa (70%) e a gestão da reputação corporativa (69%), estão entre as áreas em que os dados já são amplamente empregados para orientar as decisões. No entanto, em processos como patrocínio (48%) e relações comunitárias (34%) a análise de dados é menos utilizada.

Promovendo uma Cultura de Dados

A pesquisa também destaca os principais elementos que contribuem para o desenvolvimento de uma cultura de dados eficaz na área de comunicação. O envolvimento da alta administração (73%), a cultura organizacional (72%), a disponibilidade de dados relevantes (71%) e o conhecimento técnico da equipe (70%) emergem como fatores impulsionadores.

Metas de Comunicação

Os resultados revelam que a defesa da marca contra ameaças externas (96%) e a diferenciação da marca em relação à concorrência (86%) são as metas mais valorizadas pelas empresas. A pesquisa também destaca oportunidades para aprimorar a avaliação do impacto das mensagens, como o impacto das ações do público-alvo (50%) e as decisões tomadas como resultado das mensagens (54%).

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Mais transparência e ROI: conheça as cinco novas premissas do Cenp
A partir de setembro, o Cenp – Fórum de Autorregulação de Normas Padrão, dá início à reformulação dos comitês e à criação dos grupos de trabalho. Com o intuito de estabelecer uma atuação com caráter mais propositivo e que atenda às demandas de um mercado mais transversal e plural, a entidade definiu cinco premissas sob […]
Sociedade vai ter um “tilt” se continuar usando redes sociais como usa, diz pesquisa
Pesquisa da Universidade de Washington aponta que as redes sociais como estão hoje, fragmentadas e frenéticas, e a regulação opaca podem levar nossa sociedade ao colapso.

Receba a newsletter no seu e-mail