Home / Varejo, Entretenimento e Finanças são setores com maior audiência em publicidade digital

Varejo, Entretenimento e Finanças são setores com maior audiência em publicidade digital

Fonte: TI Inside

12 de agosto de 2022

A Nielsen apresenta informações inéditas sobre o mercado publicitário online com uso de Digital Ad Intel, a exclusiva solução de análise de concorrência que avalia o ecossistema de publicidade digital e compara estratégias de anúncios. Com o crescimento do comércio online devido à pandemia e a chegada do segundo semestre, repleto de datas comerciais e comemorativas, os dados poderão ajudar o setor a analisar o potencial de consumo da audiência.

“Uma das fases mais importantes em uma campanha de marketing é o planejamento estratégico de mídia. Nela, os profissionais precisam identificar o mix de mídia ideal para entregar em relação aos objetivos de comunicação, bem como os papéis de cada canal, e determinar a alocação de orçamento mais eficaz. Também é crucial entender o que os concorrentes estão fazendo. Quanto e onde estão gastando? Quais mensagens-chave estão comunicando por meio de seus criativos de anúncios? A possibilidade de analisar o investimento de todo o seu ramo de atuação e ter essa informação em mãos na hora de saber como agir é o valor de uma solução como o Digital Ad Intel”, afirma Sabrina Balhes, líder de Measurement da Nielsen Brasil.

Por causa do crescimento do comércio online durante a pandemia, aumentou a necessidade entre as marcas de aprimorar a efetividade das campanhas publicitárias. Digital Ad Intel surge no mercado para dar suporte às companhias brasileiras com uma cobertura abrangente e coleta inteligente de dados que permitem uma visão representativa das compras de anúncios digitais dos anunciantes. Seu principal diferencial é fornecer insights detalhados das campanhas, como investimentos e impressões estimados, tipos de compras, share of voice (SoV) e principais produtores de conteúdo – nos formatos em websites, in-app e em mídias sociais.

A solução identifica oportunidades de publicidade entre plataformas ao apontar onde, quando e quanto os players gastam com a mídia, colocando os clientes sempre um passo à frente da concorrência. Por meio de um painel humano e outro virtual, é possível medir de forma instantânea os anúncios vistos pelos painelistas para calcular o nível de exposição de cada anúncio, tudo em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Segmentos que mais impactaram o mercado publicitário online no 1º semestre
Com o encerramento do primeiro semestre e das principais datas comerciais do período, como Carnaval, Dia das Mães, Páscoa e Dia dos Namorados, Digital Ad Intel apontou os segmentos que mais se comunicaram a audiência no primeiro semestre, conforme relação abaixo:

• Varejo – 17% (272 bilhões de impressões)
• Telecomunicações – 16% (249 bilhões de impressões)
• Assuntos de utilidade pública, educação e governo – 10% (156 bilhões de impressões)
• Entretenimento – 8% (135 bilhões impressões)
• Finanças – 7% (114 bilhões de impressões)

Em uma comparação entre o primeiro e segundo trimestres de 2022, a indústria do Varejo, Entretenimento e Finanças aumentaram seu volume de impressões (quantidade de anúncios disparados em campanha publicitárias e carregados em telas de desktops, celulares e tablets) em até 5%. Seria esse um indício de expectativas mais positivas para as vendas durante o ano?

Entre esses segmentos, os produtores de conteúdo com o maior número de impressões foram Facebook, Uol, Globo e Youtube ultrapassando um volume de mais de 547 bilhões de impressões no primeiro semestre do ano.

Confira matéria no TI Inside

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

STF adia para junho julgamento das ações sobre regulação de big techs
O STF (Supremo Tribunal Federal) deixará para a segunda quinzena de junho o julgamento das ações que tratam da responsabilização das redes sociais por conteúdos postados por usuários. A data ainda não foi definida pela presidente Rosa Weber. Os processos sobre a possível suspensão de redes sociais por meio de decisão da Justiça e a derrubada de um artigo do […]
Rock retrô
Miriam Shirley, CEO da Sapient AG2 e diretora da ABAP, em artigo para o Meio&Mensagem, faz uma reflexão e uma retrospectiva sobre o ano de 2020. “Nenhuma retrospectiva faz sentido sem pensar em como passamos por ela, o que aprendemos e o que deixamos de legado”. Leia Mais

Receba a newsletter no seu e-mail