Home / Tecnologia de publicidade do Google é alvo de reclamação de veículos de imprensa europeus

Tecnologia de publicidade do Google é alvo de reclamação de veículos de imprensa europeus

Fonte: Isto é Dinheiro

11 de fevereiro de 2022

O Google foi alvo de uma queixa antitruste do Conselho Europeu de Editores sobre seu negócio de publicidade digital nesta sexta-feira, potencialmente fortalecendo a investigação da chefe antitruste da União Europeia, Margrethe Vestager, sobre o assunto.

O órgão comercial de empresas de mídia europeias, cujos membros incluem Axel Springer, News UK, Condé Nast, Bonnier News e Editorial Prensa Ibérica, levou sua queixa à Comissão Europeia, alegando que o Google tem um domínio adtech (de tecnologias voltadas para a publicidade digital) sobre os veículos de imprensa.

“Já é hora de a Comissão Europeia impor medidas ao Google que realmente mudem, não apenas desafiem seu comportamento”, disse o presidente do Conselho, Christian Van Thillo, em comunicado.

“O Google alcançou o controle de ponta a ponta da cadeia de valor de adtech, ostentando participações de mercado de até 90% a 100% em segmentos da cadeia de tecnologia da publicidade”, disse ele.

O Google disse que os veículos de imprensa se beneficiam de seus serviços de adtech. “Quando optam por usar nossos serviços de publicidade, eles mantêm a maior parte da receita e todos os anos pagamos bilhões de dólares diretamente aos parceiros de publicação em nossa rede de anúncios”, disse um porta-voz do Google.

O Google é a unidade da Alphabet que faturou 147 bilhões de dólares com anúncios online em 2020, mais do que qualquer outra empresa no mundo, com anúncios em busca, YouTube e Gmail representando a maior parte de suas vendas e lucros gerais.

Confira matéria na Isto é Dinheiro

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Precisamos debater uma Lei Geral das Plataformas
Artigo de Omarson Costa, especialista em Direito em Telecomunicações, explica o atual significado das palavras “plataforma” e “walled garden” e fala da necessidade de criar regulações específicas para proteger a privacidade dos cidadãos e oferecer um ambiente saudável que afaste monopólios desvantajosos para o consumidor.Leia Mais
3ª e 8ª Câmaras abrem reuniões do mês
O Conselho de Ética iniciou na manhã de hoje, em sessão conjunta das suas 3ª e 8ª Câmaras, as reuniões virtuais de julgamento do mês de novembro. Confira os resultados: Representação Nº 117/23, em recurso ordinário, “Ferrero do Brasil Ind. Doceira e Alimentar – Kinder Tronky – Uma deliciosa pausa na sua rotina”. Resultado: arquivamento […]

Receba a newsletter no seu e-mail