Home / Será o fim das campanhas sem resultados?

Será o fim das campanhas sem resultados?

Fonte: Propmark

24 de agosto de 2023

Os conteúdos criados por Burger King, McDonald’s e Cacau Show no Instagram alcançaram a melhor interação entre os 43.975 posts de 28 empresas do segmento de food service analisados na pesquisa de marketing science “Será o fim das campanhas sem resultados”.

O levantamento utilizou inteligência artificial para criar modelos capazes de prever o engajamento das publicações, otimizando decisões criativas e de investimento em campanhas.

Fitness, eventos, edição limitada, delivery, novidade, duelo, embaixadores, segurança e promoções são os temas com maior potencial de interação do setor, identificados por meio da análise de frequência de palavras.

Realizado pelo curso de administração da ESPM por meio do Núcleo de Marketing (Numa), o estudo patrocinado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) faz parte do projeto Simulacom, que ainda conta com o apoio da consultoria Cognitive Inteligência de Marketing.

Além do segmento de alimentação, já foram lançados simuladores para os mercados de bancos e de música, que podem ser encontrados no site Simuladores de Comunicação. A previsão é lançar mais três linhas de testes até o fim do ano.

“A inteligência artificial é imprescindível num cenário em que a mídia é cada vez mais fragmentada, pois o número de combinações de meios, conteúdos e targets é cada vez mais alto, e apenas com inteligência artificial é possível prever o retorno dessas campanhas fragmentadas”, explica Claudio Oliveira, coordenador da pesquisa e professor de marketing science da ESPM. Mas ainda falta maturidade no entendimento da tecnologia para medir resultados.

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Sexta-feira 13: o que assombra o mercado publicitário brasileiro
Olhar o reflexo de um espelho quebrado, passar por baixo de uma escada e derrubar sal são algumas das coisas que as pessoas evitam fazer no dia a dia, mas especialmente na sexta-feira 13. A data tem sua origem explicadas nas mais diversas versões, superstições, crenças e mitos, mas em todas elas ficou marcada como […]
Cautela e agressividade criativa devem reger atuação das agências
Líderes de agências falaram sobre as perspectivas para 2022. "Criar pontes emocionais com os consumidores será imprescindível", afirmou Mario D'Andrea, VP de conteúdo e integração da OpusMúltipla e presidente da ABAP.

Receba a newsletter no seu e-mail