Home / Pesquisa aponta que 20% dos conteúdos do TikTok contêm desinformação

Pesquisa aponta que 20% dos conteúdos do TikTok contêm desinformação

Fonte: Propmark

19 de setembro de 2022

O estudo realizado pela NewsGuard analisou 540 vídeos publicados na plataforma e encontrou informações falsas em 105 deles

O uso do TikTok como ferramenta de buscas do jovem tem crescido cada vez mais, seja para procurar uma receita, uma sugestão de filme, música e até mesmo informações sobre assuntos como Guerra na Ucrânia, Covid-19 e eleições. Entretanto, uma pesquisa realizada pela NewsGuard apontou que 20% dos vídeos exibidos pelo mecanismo de busca do aplicativo contêm desinformação.

Segundo o NewsGuard, o estudo analisou 540 vídeos publicados na plataforma e, destes, 105 continham alegações falsas e enganosas.

“Isso significa que, para pesquisas sobre tópicos que vão desde a invasão russa da Ucrânia a tiroteios em escolas e vacinas da Covid, os usuários do TikTok são constantemente alimentados com alegações falsas e enganosas”, apontou o NewsGuard.

O estudo observou que, enquanto analistas sediados nos EUA realizavam buscas com termos de pesquisa neutros e mais conspiratórios, o próprio TikTok sugeria termos contrários constantemente, como por exemplo: ao pesquisar por “mudança climática”, a plataforma sugere a pesquisa de “mudança climática não existe”.

Além de informações incorretas para assuntos como guerras e eleições, a pesquisa apontou que o aplicativo também exibe desinformação quando se trata de saúde. O NewsGuard encontrou vídeos do TikTok que promoviam falsas curas para a Covid-19 e misturas caseiras que visam induzir o aborto.  

Ao site Mashable, o TikTok se manifestou afirmando que as diretrizes da plataforma não permitem a desinformação e que eles iram removê-las do aplicativo. “Fazemos parceria com vozes credíveis para elevar o conteúdo oficial em tópicos relacionados à saúde pública e fazemos parceria com verificadores de fatos independentes que nos ajudam a avaliar a precisão do conteúdo”, afirmou o porta-voz do TikTok.

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Ministro do TCU defende suspensão de contrato entre governo e ferramenta do Google
O ministro Bruno Dantas, membro do TCU, recomendou que os contratos firmados entre o governo federal e o Google sejam encerrados caso fique comprovado que o algoritmo adotado pela empresa não é compatível com o que determina a Constituição do Brasil. Leia Mais
OOH, internet e TV por assinatura impulsionam investimentos em mídia
O volume de investimentos publicitários em mídia bateu R$ 8, 3 bilhões no primeiro semestre deste ano, alta de 12,5% em relação ao mesmo período de 2021, que havia registrado R$ 7,3 bilhões. Desde 2019, é a primeira vez que os números do primeiro semestre superam a casa dos R$ 8 bilhões. Os dados estão […]

Receba a newsletter no seu e-mail