Home / Orlando Silva: PL das Fake News é necessário para fazer “eleição mais segura”

Orlando Silva: PL das Fake News é necessário para fazer “eleição mais segura”

Fonte: Correio Braziliense

14 de abril de 2022

Projeto de lei, que teve pedido de urgência negado na Câmara, já está maduro, segundo o deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP)

O deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP) comentou sobre o PL das Fake New, num programa do Correio em parceria com a TV Brasília. Relator do projeto de lei na Câmara, o parlamentar teve seu pedido de urgência para a votação do PL negado no último dia 6.

Segundo Orlando Silva, já há maturidade para o texto entrar em votação, sem a necessidade de passar pelas comissões. “Eu diria que nós já temos um texto maduro para ser votado na Câmara. Regime de urgência é um critério regimental para que você possa apreciar no plenário, sem ter a passagem pelas comissões, porque essa etapa de debate público foi feito em um grupo de trabalho montado durante o ano passado”, analisou.

Por ocasião das eleições em outubro, o deputado alegou ser fundamental que o PL das Fake News seja votado ainda no primeiro semestre. Segundo ele, a aprovação do projeto é necessária para se “ter uma eleição mais segura e para ser ainda mais confiável”.

Sobre as críticas ao projeto, o qual, supostamente, fortaleceria a censura, Orlando disse que a citada censura já é feita pelas redes sociais e demonstrou ser contrário a tal atitude.

“Hoje, você publica, a empresa avalia, decide e comunica: ‘violou o nosso sistema de uso’. Nós consideramos isso errado, porque pode produzir um sistema de censura privado. Nós defendemos que haja o direito de contraditório”, defendeu.

Confira matéria no Correio Braziliense

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Novo recurso educacional ajuda jovens a entenderem anúncios online (em inglês)
Um novo recurso desenvolvido para ajudar os jovens a entenderem o mundo da publicidade online e como obter a melhor experiência dos anúncios foi lançado pelo programa educacional sem fins lucrativos de publicidade do Reino Unido, Media Smart, em colaboração com a European Interactive Digital Advertising Alliance (EDAA), coalizão da indústria publicitária europeia.Leia Mais
Balanço Conar: Conselho de Ética vota quatro representações
Entre as representações analisadas pelo Conselho de Ética do Conar esta semana estão cases da Davene, Free Wipes e Nivea. Confira todos os resultados da reunião.  A 6ª Câmara do Conselho de Ética do Conar votou quatro representações na reunião virtual realizada em 23/09.  Confira os resultados da sessão ordinária virtual:  Representação Nº 146/20, “Davene – […]

Receba a newsletter no seu e-mail