Home / O rádio e a arte

O rádio e a arte

Fonte: abert

13 de fevereiro de 2022

O dia 13 de fevereiro de 2022 marca a comemoração de duas datas importantes: o centenário da Semana de Arte Moderna – iniciada em São Paulo, em 1922 – e o Dia Mundial do Rádio, instituído em 2011, em homenagem ao início das transmissões da Rádio das Nações Unidas, em 1946.

2022 também é o ano do centenário das primeiras transmissões do rádio brasileiro, celebrado em 7 de setembro. E o que tem a ver o rádio e a arte moderna? Podemos considerar que o rádio é também um “transgressor”, arte por si só. Assim como uma obra, permite múltiplas interpretações por meio do som.

Quem nunca ouviu no rádio “O Trenzinho do Caipira”, do modernista Heitor Villa Lobos, e imaginou a locomotiva e seus vagões velozes, furiosos, ultrapassando o limite do alto falante?

Rádio, uma arte moderna, mágica, que emociona… que toca.

Por isso, a ABERT já antecipa uma novidade: logo você vai conhecer uma das iniciativas em comemoração aos 100 anos do rádio brasileiro. Uma mostra artística, que apresentará o “Rádio em Movimento”. Aguarde!

Confira matéria na Abert

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

ONG Avaaz divulga carta contra mudanças em PL das Fake News
A ONG de mobilização social Avaaz afirma que um importante dispositivo contra a desinformação foi retirado do texto final do PL das Fake News.
‘Inquestionavelmente, está piorando o ódio’: testemunho de Frances Haugen no Facebook
No depoimento de Frances Haugen ao parlamento do Reino Unido, o cientista de dados do Facebook que se tornou denunciante reiterou que algoritmos de classificação baseados em engajamento incentivam a criação e disseminação de conteúdo extremista. Falando para um comitê seleto que analisou a proposta de lei de segurança online, ela observou que o Facebook estava ampliando um […]

Receba a newsletter no seu e-mail