Home / O que o futuro da indústria de tecnologia, mídia e telecomunicações reserva?

O que o futuro da indústria de tecnologia, mídia e telecomunicações reserva?

Autoria: Deloitte

18 de abril de 2022

Da presença feminina na área de tecnologia a painéis solares flutuantes, o estudo global da Deloitte identifica as tendências que devem impactar organizações e consumidores em 2022

A pandemia continua acelerando a adoção de tecnologia, além de aumentar os níveis de conectividade em um mundo cada vez mais digital. Chips conhecem uma demanda importante, bem como outros produtos capazes de conectar vários dispositivos ou até mesmo veículos inteligentes. Nesse contexto, tecnologias como o Wi-Fi 6 e 5G reforçam a transformação digital em todos os setores empresas.

Tudo esta nas telas

  • O console de jogos: Mais eficiente do que nunca aos 50 anos – Simplesmente não existe um declínio na meia-idade para o mercado de consoles de videogames. Conteúdo, novas experiências e inovações no modelo de negócios o mantêm competitivo.
  • Anúncios de TV endereçáveis: Segmentação para um melhor alcance – Existe uma possibilidade de eficácia na publicidade direcionada, contudo seu melhor uso pode ser estendendo o alcance, não diferenciando mensagens.
  • A TV tradicional está decaindo: A redução de telespectadores – O declínio da audência da TV em alguns mercados-referência avisa uma nova era para o ecossistema de conteúdo de vídeo.
  • O mundo em movimento: A competição de streamings se torna global – Diante do aumento da concorrência e da rotatividade de assinantes, personalizar o modelo de negócios por mercado pode ser a chave para o sucesso dos provedores de vídeos on-demand.

Muitos chips, o tempo todo

  • Todas as atenções em um chip: A escassez de semicondutores se estende até 2022 – Consumidores, indústria e governo estão clamando por chips, enquanto o setor de semicondutores está lutando para acompanhar a falta deles.
  • Aumentando a aposta: investimento em capital arriscado em empresas de chip atinge novos recordes – À medida que os VCs impulsionam gigantes do setor para startups semicondutores fabless, o ecossistema de inovação é o vencedor notável.
  • Negócios para RISC-y: O padrão de chip aberto RISC-V poderia ganhar força contra os operadores influentes? – A arquitetura de chip de código aberto oferece custos mais baixos e maior acesso, porém seu futuro no mercado é tudo menos certo.

Criando conexões

  • Acesso sem fio fixo: Ganhando terreno na banda larga wireless – O mercado de acesso sem fio fixo (FWA) está crescendo fortemente, com o 5G potencializando e aprimorando seu desempenho. Será essa a chave para acabar com a exclusão digital?
  • Wi-Fi 6: desconhecido, subexposto e indispensável para o futuro da conectividade empresarial – A próxima geração de Wi-Fi deve desempenhar um papel fundamental à medida que as organizações inovam com redes avançadas.

Saúde em qualquer lugar

  • Tecnologia wearable na área da saúde: melhorias contínuas – Smartwatches e dispositivos médicos wearables ajudam as pessoas a monitorar sua saúde 24/7. A confiança em sua utilidade e segurança será a base para o crescimento.
  • Saúde mental torna-se móvel: o mercado de aplicativos desse tema continuará crescendo – As necessidades de cuidado de saúde mental estão crescendo em todo o mundo. Os aplicativos podem fornecer suporte sob demanda.

Sustentável e diversificado

  • Smartphones sustentáveis: Longa duração – Aumentar a vida útil dos smartphones ajudaria a reduzir seu impacto ambiental. Mas os fornecedores de smartphones poderiam encontrar outras fontes de receita?
  • Energia renovável: Painéis solares flutuantes agora são comercialmente viáveis – A região da Ásia-Pacífico está assumindo a liderança na implantação de matrizes fotovoltaicas flutuantes à medidas que a tecnologia avança e sua economia melhora.
  • Diferença de gênero na leitura: garotos conhecem, perdem e não encontram mais seus livros – Por que meninos e homens leem menos livros, e com menos frequência, do que meninas e mulheres?
  • Presença feminina na indústria de tecnologia: Há crescimento, mas com lutas contra ventos contrários – As empresas de tecnologia devem renovar seu compromisso com o avanço da diversidade de gênero na área conforme a pandemia recua.

Inovação e futuro

  • De cartas colecionáveis a vídeo digital: NFTs esportivos despontam uma nova era – A chance de os fãs adquirirem mídia digital de seus momentos favoritos nos esportes provavelmente consolidará o lugar dos NFTs no mercado de conteúdo esportivo.
  • Mantendo a inteligência artificial privada – Tecnologias emergentes com o objetivo de proteger os dados usados em aplicativos de inteligência artificial estão disponíveis e são eficazes. O desafio agora é torná-los mais práticos.
  • Computação quântica em 2022: Necessária, mas é útil? – O futuro da computação quântica ainda não chegou. Mas isso não significa que as empresas não devam se preparar para lidar com ela.
  • Inteligência artificial bem cerrada: A regulamentação da tecnologia fica (ainda mais) séria – A inteligência artificial enfrentará em 2022 uma intensificação da verificação regulatória, com implicações que ressoam em todos os setores.

Confira pesquisa na Deloitte

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Os novos caminhos para criar conexões a partir da mídia
No retorno ao formato presencial do Encontro de Mídias, os profissionais discutiram as transformações constantes da indústria publicitária e a necessidade de uma relação cada vez mais afinada entre o tripé agência-anunciante-veículo para o fortalecimento e o crescimento do mercado de comunicação. Com um número maior de canais e plataformas, essa conexão entre os três […]
Balanço Conar: 7ª Câmara vota cinco representações
O Conselho de Ética voltou a se reunir na manhã de 27/10, em sessão virtual da 7ª Câmara, e analisou cinco cases, entre eles dois recursos.  Confira os resultados: Representação Nº 053/20, em recurso ordinário, “Gua.co – Cai de boca”. Resultado: sustação por unanimidade. Representação Nº 088/20, em recurso ordinário, “Reckitt Benckiser Brasil – Naldecon Dia […]

Receba a newsletter no seu e-mail