Home / Meta faz nova rodada de demissões em todo o mundo

Meta faz nova rodada de demissões em todo o mundo

Fonte: Meio e Mensagem

24 de maio de 2023

Em mais uma rodada global de demissões, que tem como proposta reduzir os custos da companhia, a Meta, proprietária de Instagram, Facebook e WhatsApp, faz uma nova rodada de cortes nesta quarta-feira, 24.

De acordo com reportagem da Reuters, diferentemente das rodadas anteriores, em que os cortes foram direcionados aos profissionais de áreas de engenharia e tecnologia, desta vez a redução do quadro deve impactar os funcionários das equipes de marketing, negócios e comunicação corporativa.

Em março, o fundador da Meta, Mark Zuckerberg, disse que a empresa planejava demitir cerca de 10 mil colaboradores nos próximos meses e também fecharia outros 5 mil postos de trabalho que estavam vagos.

Em abril, a Reuters estima que cerca de 4 mil colaboradores já foram desligados. A parte restante do planejamento – ou seja, o corte de 6 mil funcionários – seria, portanto, concluído nesta rodada.

Em outubro do ano passado, a Meta já havia feito uma severa redução no quadro de colaboradores, cortando 11 mil funcionários. A Meta, inclusive, foi uma das primeiras empresas da área de tecnologia a fazer o movimento de redução do quadro, seguido por outras big techs.

Demissões da Meta no Brasil

A Meta não fez um posicionamento oficial a respeito desses novos cortes realizados em todo o mundo.

No Brasil, de acordo com a reportagem da Bloomberg Linea, já teriam sido demitidos 100 funcionários desde a primeira rodada de cortes, no ano passado.

Procurada pela reportagem, a área de comunicação da Meta no Brasil ainda não se pronunciou sobre os cortes.

Confira matéria no Meio e Mensagem

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Google e Facebook devem US$ 13 bi anuais à mídia dos EUA, diz estudo
O Instituto para o Diálogo sobre Políticas, ligado à Universidade Columbia, divulgou nesta segunda (13) um estudo que estima que o serviço de busca do Google e a rede social Facebook deveriam repassar aos veículos noticiosos nos Estados Unidos aproximadamente US$ 13 bilhões (R$ 64 bilhões) anualmente. O montante arredonda o intervalo entre US$ 11,9 bilhões e US$ 13,9 bilhões a […]
Modelo híbrido predomina nas agências um ano após flexibilização da pandemia
Passado mais de um ano do fim das restrições da pandemia da Covid-19, o que mudou no cotidiano do mercado publicitário? A emergência naquele período sombrio obrigou um contingente imenso de funcionários a ir para o isolamento social e a alternativa foi adotar o regime home office em praticamente todos os setores em que o […]

Receba a newsletter no seu e-mail