Home / Investimento em marketing digital aumenta em 70% das empresas na América Latina

Investimento em marketing digital aumenta em 70% das empresas na América Latina

Fonte: Propmark

6 de setembro de 2022

Os investimentos em marketing digital correspondem a 60% do todo, percentual que deve aumentar para 85% nos próximos cinco anos, aponta pesquisa

70% das empresas na América Latina aumentaram os investimentos em marketing digital em 2021 e pretendem manter a trajetória ascendente nos próximos anos. Números que reforçam a relevância que o meio ganhou nos últimos anos, especialmente ao longo da pandemia. Os dados estão no estudo “Marketing Digital na América Latina”, desenvolvido pela NTT DATA e a MIT Technology Review.

Hoje, os investimentos em marketing digital correspondem a 60% do todo, percentual que deve aumentar para 85% nos próximos cinco anos, segundo os entrevistados, líderes em 60 empresas da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru.

A pesquisa reflete também o crescimento do marketing digital nos últimos 3 anos, que fez saltar de 40% para 90% o percentual de empresas que atualmente desenvolvem estratégias de comunicação para o meio. Além disso, 44% afirmaram que atingiram os objetivos (KPIs) nas suas áreas de negócio e 57% que seguem um planejamento anual das campanhas, partindo de um alinhamento mais geral para a personalização diante das jornadas dos clientes.

Entre as ferramentas mais importantes para as empresas, estão o CRM, 82%, SEO 59%, ferramentas de gerenciamento de campanhas, 57%, e de escuta social, 38%. Apesar da elevada consideração, ainda é relativamente baixo o número de organizações que possuem ferramentas tecnológicas como visualização de dados, analytics e SEO – além de ativos digitais como redes sociais, site ou CRM – apenas 40%.  

O estudo ainda identificou qual a rede social favorita das companhias, que elegeram o Instagram como a principal, 87%. Na sequência, ficaram o Facebook, 76%, o LinkedIn, 53%, e o YouTube, 53%. O TikTok, plataforma queridinha do momento, aparece em quinto lugar com 18%. Segundo as empresas, a expectativa é de que a rede da ByteDance suba ao longo de 2022 e chegue à terceira colocação.

“Alcançar o cliente, para que ele adquira os produtos ou serviços, é um grande desafio para os profissionais de marketing. E se algo se aprendeu nos últimos anos, marcados mais do que nunca pelas necessidades das empresas e dos consumidores, é que é obrigatório adaptar-se, ser flexível e utilizar as ferramentas adequadas e atualizadas”, complementa Ricardo Cury, head de Customer & Innovation e líder de Marketing Digital da NTT DATA Brasil.

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Proposta prevê regras tributárias para contratos de publicidade virtual
O Projeto de Lei 2134/21 obriga as empresas que disponibilizam espaço para a exposição ou divulgação de qualquer tipo de anúncio a impulsionar conteúdos na internet ou gerem algum tipo de tráfego deverão prestar informações à Receita Federal. O texto tramita na Câmara dos Deputados. Entre as informações estão o tipo de anúncio, a data […]
Obama pede mais supervisão regulatória dos gigantes da mídia social
O ex-presidente Barack Obama pediu nesta quinta-feira uma maior supervisão regulatória dos gigantes da mídia social do país, dizendo que seu poder de selecionar as informações que as pessoas consomem “turbou” a polarização política e ameaçou os pilares da democracia em todo o mundo. Pesando no debate sobre como lidar com a disseminação da desinformação , ele […]

Receba a newsletter no seu e-mail