Home / Balanço Conar: 6ª Câmara analisa cases da Reckitt Benckiser e Burger King

Balanço Conar: 6ª Câmara analisa cases da Reckitt Benckiser e Burger King

Fonte: Conar

10 de junho de 2021

A 6ª Câmara do Conselho de Ética do Conar reuniu-se esta semana e analisou cinco cases. Confira os resultados. 

Representação Nº 114/20, em recurso ordinário, “Reckitt Benckiser Brasil – Número 1 em recomendação dos médicos”. Resultado: sustação do claim por unanimidade.

Representação Nº 158/20, “Espaço do Banho e Aromas – L’Occitane e Thassia Naves – Apresento a vocês o relançamento da linha de cuidados faciais de @loccitane_br: a immortelle precieuse”. Resultado: alteração agravada por advertência aos anunciantes, por unanimidade.

Representação Nº 167/20, “Burger King – O melhor do BK sem o pior do BK”. Resultado: advertência por maioria de votos.

Representação Nº 179/20, “Cimed – O melhor remédio”. Resultado: sustação por unanimidade

Participaram da reunião os conselheiros Adriana Petrellis Cury, Andressa Bizutti, Augusto Fortuna, Eliane Quintella, Emmanuel Augusto Leutz Martins, Hiram Baroli, Isadora Lee Barbosa, José Francisco Eustáchio, José Francisco Queiroz, Luiz Fernando Constantino, Nelcina Tropardi, presidente da 6ª Câmara do Conselho de Ética, Paulo Chueiri, Péricles D’Avila Mendes Neto, Rafael Davini Neto, Rubens da Costa Santos e Rui Branquinho.

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

O que WhatsApp, Telegram, TikTok, Facebook e YouTube prometem fazer contra fake news nas eleições
Dessa forma, as redes sociais e os apps de mensagem que reúnem mais usuários no país estão com acordos firmados para analisar conteúdo e trocar informações com a Justiça Eleitoral. Desde a década passada, empresas de tecnologia são criticadas por falta de ações para conter a circulação de notícias falsas. Assim, muitas adotaram, em anos […]
Big Techs e informação: a lei australiana e o projeto brasileiro
Artigo de Plínio Melgaré, advogado, mestre em Direito e professor na Escola de Direito da PUCRS e FMP, explica o projeto de lei que propõe a remuneração pelo conteúdo e a pluralidade informacional na internet e afirma “a regulação do mercado das big techs é uma exigência contemporânea”.Leia Mais

Receba a newsletter no seu e-mail