Home / Amazon Prime Video começará a exibir anúncios em 2024

Amazon Prime Video começará a exibir anúncios em 2024

Fonte: Meio e Mensagem

25 de setembro de 2023

A Amazon anunciou que o Prime Video terá um plano suportado por anúncios já no ano que vem. Assinantes dos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Canadá já deverão ter acesso a funcionalidade no início de 2024, e serão cobrados em US$ 3 mensais para um nível sem publicidade.

No início de junho, o The Wall Street Journal já havia publicado que sobre os planos Amazon de lançar uma assinatura com anúncios para o seu streaming.

Na sequência, usuários da plataforma da França, Itália, Espanha, México e Austrália deverão ver anúncios no serviço de streaming apenas no final do ano que vem. Ainda não existem informações de quando a funcionalidade chega ao Brasil.

A estratégia da Amazon segue um curso já esperado, uma vez que as concorrentes Netflix e Disney+ já contam com publicidade dentro de seus serviços. Os anúncios no Prime Video farão com que a empresa possa continuar investindo em conteúdo atraente e aumentando esse investimento por mais tempo. A informação é da Variety.

A Netflix, por exemplo, estima que o faturamento com publicidade pode chegar a ser superior a 10% de sua receita anual, que fica em torno de US$ 32 bilhões. Ademais, a empresa anunciou que já contava com 5 milhões de usuários ativos em seu plano de anúncios em maio.

Apesar disso, a Amazon afirmou que o objetivo é ter “significativamente menos anúncios do que a TV linear e outros provedores de streaming de TV”.

Incremento nos negócios de publicidade

A companhia já conta com um serviço embutido com anúncios para o FireTV, dispositivo da Amazon que tranforma televisões em Smart TVs. O Freevee é um serviço de streaming disponível em locais como EUA e Reino Unido, gratuito com publicidade, que conta com um catálogo com mais de 100 séries e filmes. Além disso, a gigante da tecnologia tem canais do Fire TV também suportados por anúncios.

O TechCrunch relembra que o Prime Video já passou por reajustes de mensalidade. Nos EUA, a assinatura anual foi de US$ 119 para US$ 139 no início do ano passado. Já no Brasil, a cobrança mensal de R$ 9,90 aumentou para R$ 14,90, enquanto a assinatura anual teve alteração de R$ 89 para RS 119.

Confira matéria no Meio e Mensagem

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Público mais velho não se sente representado pela publicidade
Existe um senso comum de que as pessoas mais velhas são sinônimo de calmaria e afastamento da vida, por exemplo, fato que salienta o etarismo. O conceito que cunha o preconceito com pessoas mais velhas foi objeto de estudo da pesquisa “A revolução da longevidade”, realizado pela AlmapBBDO. Entre os resultados, o estudo concluiu que […]
Conselho de Ética faz primeira reunião do mês
O Conselho de Ética iniciou na manhã de hoje, por meio da sua 1ª Câmara, as sessões virtuais de julgamento do mês de maio. Confira os resultados: Representação Nº 243/22, em recurso ordinário, Seara Alimentos e Juju Teofilo, “Margarina Primor – Dia das Crianças”. Resultado: sustação por maioria de votos. Representação Nº 264/22, “Amazon Serviços […]

Receba a newsletter no seu e-mail