Home / Relator do projeto das fake news diz que STF pode regular tema se Câmara não aprovar proposta

Relator do projeto das fake news diz que STF pode regular tema se Câmara não aprovar proposta

Fonte: Yahoo

22 de maio de 2022

Relator do projeto das fake news na Câmara dos Deputados, Orlando Silva (PC do B-SP) tem argumentado junto aos partidos da base do governo que aprovar a legislação sobre o tema é importante para evitar que a regulação seja feita pelo Poder Judiciário.

“Se não tivermos regra, fica na mão do Supremo ou do TSE. Depois não adianta reclamar do ativismo judicial.”

No início de abril, a Câmara rejeitou requerimento de urgência para apreciação do projeto. A urgência foi rejeitada por 249 a 207 —precisava de pelo menos 257 votos para ser aprovada.

Governo e PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, orientaram contra a votação, assim como Novo, Cidadania e PTB.

O projeto das fake news regulamenta a atuação de big techs no Brasil, estende a imunidade parlamentar para as redes sociais e exige que as plataformas tenham representação legal no país.

Confira matéria no Yahoo

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Plenária do Conar faz primeira reunião do ano
O Conselho de Ética do Conar promoveu a sua primeira reunião do ano, debatendo e votando a Representação Nº 106/21, em recurso extraordinário, tratando da campanha “Seara Levíssimo – O único saboroso como presunto e leve como peito de peru”. O resultado foi arquivamento por unanimidade. O presidente da sessão, João Luiz Faria Netto, destacou […]
Diverse e Kantar mapeiam diversidade
A Diverse, plataforma multidisciplinar de projetos e conteúdos do DC Set Group com Beto Cintra, e a Kantar se unem para realizar a pesquisa “Brasil Plural”, levantamento sobre os grupos de identidade dos diferentes aspectos da diversidade, como etnias, sexualidade, gênero e pessoas com deficiência (PCD). O lançamento da pesquisa está previsto para o segundo […]

Receba a newsletter no seu e-mail