Home / Relator do projeto das fake news diz que STF pode regular tema se Câmara não aprovar proposta

Relator do projeto das fake news diz que STF pode regular tema se Câmara não aprovar proposta

Fonte: Yahoo

22 de maio de 2022

Relator do projeto das fake news na Câmara dos Deputados, Orlando Silva (PC do B-SP) tem argumentado junto aos partidos da base do governo que aprovar a legislação sobre o tema é importante para evitar que a regulação seja feita pelo Poder Judiciário.

“Se não tivermos regra, fica na mão do Supremo ou do TSE. Depois não adianta reclamar do ativismo judicial.”

No início de abril, a Câmara rejeitou requerimento de urgência para apreciação do projeto. A urgência foi rejeitada por 249 a 207 —precisava de pelo menos 257 votos para ser aprovada.

Governo e PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, orientaram contra a votação, assim como Novo, Cidadania e PTB.

O projeto das fake news regulamenta a atuação de big techs no Brasil, estende a imunidade parlamentar para as redes sociais e exige que as plataformas tenham representação legal no país.

Confira matéria no Yahoo

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Mostrar o valor por trás do produto é tendência
O estudo da Deloitte aponta as transformações pelas quais a publicidade passou durante a pandemia. O presidente da ABAP/MG, Adolpho Resende Netto, explica que as mudanças no comportamento do consumidor também envolvem a relação com o espaço físico de muitas empresas.
Nos EUA, coalizão busca combater pirataria no varejo online (em inglês)
Gap, Levi’s, JC Penney e Birkenstock se uniram à The Buy Safe America Coalition para combater produtos falsificados no comércio eletrônico. Leia Mais

Receba a newsletter no seu e-mail