Home / Rádio mantém maior equilíbrio do que a televisão, aponta pesquisa

Rádio mantém maior equilíbrio do que a televisão, aponta pesquisa

Fonte: R92

21 de julho de 2022

A II Pesquisa Mídia e Consumo 2022 contou com a participação de cinco agências de publicidade de São Luís

No início da manhã desta quarta-feira (20), um grupo de agências, composto pela Quadrante Brasil, Vitale Propaganda, Canal Comunicação, AG10 propaganda e 712 propaganda, realizou um evento de divulgação da II Pesquisa Mídia e Consumo 2022, a qual trouxe o cenário de constante transformação dos veículos de comunicação.

Ao iniciar o evento, o sócio do Grupo Quadrante, Felipe Ladeira, abordou o motivo por trás do surgimento da II Pesquisa Mídia e Consumo 2022. De acordo com o empreendedor, o projeto visa “trazer uma visão mais ampla do mercado”, o qual demonstra dados precisos e auditados sobre a forma de consumo dos ludovicenses, ou seja, esse fator auxilia no planejamento por parte de marcas, profissionais de marketing e veículos de comunicação.

A pesquisa, contou com 1500 pessoas entrevistadas, as quais foram questionadas sobre qual veículo de comunicação consumia, como rádio, TV aberta, streaming, entre outros. O detalhamento dessas informações será disponibilizado na próxima segunda-feira (25), em uma plataforma gratuita, criada pelo grupo de agências.

Dados

Segundo a pesquisa, apresentada pelo pesquisador, Peter Vieth, o consumo da TV aberta obteve queda de aproximadamente 2,5% (87 para 84,56%), assim como, os jornais impresso e digital, que também tiveram queda.

Em contrapartida, a mídia digital continua em crescimento, sendo que o streaming de música está em elevação, mas nem tanto.

Rádio

A partir da evolução dos meios de comunicação, muitas pessoas costumam acreditar na falácia do “rádio vai acabar”. Entretanto, a II Pesquisa de Mídia e Consumo 2022, mostra que o consumo do Rádio se manteve de 49,13% para 49,40%. Além disso, o público mais jovem está ouvindo mais rádio do que antes.

Segundo Petter Vieth, a pesquisa que possui mesma estrutura e selo de qualidade da MARPLAN, apresenta que quase 42% das pessoas entrevistadas, preferem o rádio do que streaming.

Confira em R92

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

PIB da cultura e indústrias criativas supera o do setor automotivo
A cultura e as indústrias criativas do Brasil movimentaram em 2020 o equivalente a 3,11% do Produto Interno Bruto Brasileiro, 230,14 bilhões de reais dos 7,4 trilhões de reais da economia no período. Os dados fazem parte de uma metodologia desenvolvida pelo Observatório Itaú Cultural para mensuração dos impactos econômicos do setor. Segundo o estudo, […]
Editorial da Folha de S. Paulo destaca legalidade do BV
Editorial da Folha de S. Paulo de domingo, 6 de dezembro, tratou do BV, prática de incentivo do setor publicitário regulada por lei, comum em quase todos os setores da economia e em conformidade com as regras de Compliance da ABAP. Todo plano de mídia tem a expressa aprovação do cliente, que examina várias opções e solicita alterações […]

Receba a newsletter no seu e-mail