Home / Para 67% das agências de publicidade, 2022 será um ano melhor

Para 67% das agências de publicidade, 2022 será um ano melhor

Fonte: Valor Econômico

3 de fevereiro de 2022

Este ano vai ser melhor do que aquele que passou. Esta é a percepção de 67% das pesquisas de agências de publicidade brasileiras , segunda realizada em janeiro pela Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro). No fim de percentual das 20 agências que estavam otimizando, mais de 57% da era do futuro.

O estudo recebeu respostas de 312 agências de 23 Estados e do Distrito Federal, dos mais diversos portes: desde aquelas com faturamento entre R$ 1 milhão e R$ 3 milhões (30%) até as que faturam mais de R$ 10 milhões anuais (13%). A pesquisa da Fenapro mostra que cresceu o percentual das empresas que reportaram faturamento maior no fim do ano passado em relação a 2020: 53%, ao passo que apenas 26% haviam respondido positivamente ao mesmo item no início de 2021.

Na mesma comparação entre o início e o fim do ano passado, o percentual das empresas que citaram perda de receitas em relação a 2020 caiu de 38% para 19%. Sendo que as perdas superiores a 30%, só foram registradas por 7% das empresas, metade do percentual do início de 2021.

Confira matéria no Valor Econômico

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Confira resultado da Plenária
O Conselho de Ética voltou a reunir-se na manhã de hoje, em sessão plenária virtual, debatendo e votando a Representação Nº 180/21, em recurso extraordinário, “HNK BR Indústria de Bebidas – “Heineken apresenta Keke & Nico Rosberg”. Resultado: arquivamento por maioria de votos. Participaram da Plenária os conselheiros Ana Moises, André Marsiglia, Armando Strozenberg, Camila […]
Editoras querem até 25 bi de euros do Google em indenizações no Reino Unido e Holanda
O Google, da Alphabet, enfrentará pedidos de indenização de até 25 bilhões de euros por suas práticas de publicidade digital em duas ações legais de editoras em tribunais no Reino Unido e na Holanda. “É hora do Google assumir suas responsabilidades e pagar os danos que causou a esse importante setor. É por isso que hoje estamos anunciando essas ações […]

Receba a newsletter no seu e-mail