Home / Meta recebe multa recorde de € 1,2 bilhão na Europa

Meta recebe multa recorde de € 1,2 bilhão na Europa

Fonte: Meio e Mensagem

24 de maio de 2023

A Meta foi multada em € 1,2 bilhão (cerca de US$ 1,3 bilhão) pelo principal órgão regulador da União Europeia. A big tech foi acusada de violar regras ao lidar com a privacidade de informações de usuários. Essa foi a maior penalidade da espécie já aplicada na região.

O caso ocorreu por parte da Comissão de Proteção de Dados da Irlanda (DPC) – o principal regulador da UE – que alega que a companhia continuou a transferir dados pessoais de usuários do Facebook do Espaço Econômico Europeu para os Estados Unidos. A empresa de Mark Zuckerberg desrespeitou a decisão judicial da UE imposta em 2020, que invalidava um pacto de transferência de dados UE-EUA.

Essa é a maior penalidade da espécie já aplicada na região. Anteriormente, a Amazon havia sido multada em € 746 milhões por Luxemburgo em 2021. Ademais, a instituição exige que a Meta suspenda as transferências de dados para os EUA dentro de cinco meses. 

A Reuters relembra que o embate sobre o armazenamento de dados do Facebook já dura uma década. Ademais, a discussão teve início quando o ativista de privacidade austríaco Max Schrems apresentou uma contestação legal sobre o risco de espionagem dos EUA. A movimentação ocorreu à luz das revelações do ex-contratado da Agência de Segurança Nacional dos EUA, Edward Snowden.

Meta promete recorrer à multa

A Meta se manifestou sobre a multa, afirmando que irá questionar a decisão do órgão. A empresa considera a multa “injustificada e desnecessária”, bem como que “estabelece um precedente perigoso para inúmeras outras empresas”. Ainda, a gigante da tecnologia disse em comunicado que “Sem a capacidade de transferir dados através das fronteiras, a internet corre o risco de ser dividida em silos nacionais e regionais”.

No início do ano, a Meta recebeu uma multa de cerca de € 400 milhões por violações das regras de uso de dados pessoais para publicidade não só no Facebook, mas também em relação ao WhatsApp e Instagram. Já em março, a companhia recebeu uma punição de € 5,5 milhões por desrespeitar o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados da Europa com o WhatsApp. 

Confira matéria no Meio e Mensagem

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

LinkedIn tem perfis fake de propaganda com rostos criados por IA
Dois pesquisadores identificaram mais de mil perfis falsos no LinkedIn, utilizando as fotos como critério de identificação. A descoberta, divulgada pelo portal NPR, foi possível porque os avatares eram de pessoas que não existem – ou seja, haviam sido gerados por inteligência artificial. As contas teriam sido criadas por agências terceirizadas, com o objetivo de […]
Caracol de Plata abre inscrições para 22ª edição
O programa Caracol de Plata abriu as inscrições para o Reconocimiento Iberoamericano al Mensaje de Beneficio Social, que premia campanhas voltadas para causas sociais.

Receba a newsletter no seu e-mail