Home / Meta pode permitir que usuários do Facebook e Instagram na UE paguem para evitar anúncios

Meta pode permitir que usuários do Facebook e Instagram na UE paguem para evitar anúncios

Fonte: Reuters

4 de setembro de 2023

A Meta Platforms está considerando versões pagas do Facebook e do Instagram sem anúncios para usuários residentes na União Europeia (UE) em resposta ao escrutínio dos reguladores, informou o New York Times nesta sexta-feira.

Aqueles que pagam pelas assinaturas não verão anúncios, enquanto a Meta também continuará a oferecer versões gratuitas dos aplicativos com anúncios na UE, disse o relatório, citando três pessoas com conhecimento dos planos.

O relatório acrescentou que a possível medida pode ajudar a Meta a combater as preocupações com a privacidade e outros escrutínios da UE, uma vez que daria aos utilizadores uma alternativa aos serviços baseados em anúncios da empresa, que dependem da análise dos dados das pessoas.

A Meta não respondeu imediatamente a um pedido de comentário da Reuters.

O gigante das redes sociais tem estado na mira dos reguladores antitrust da UE e perdeu uma luta em julho contra uma ordem alemã de 2019 que o proibia de recolher dados dos utilizadores sem consentimento. Não está claro quanto custariam as versões pagas do aplicativo, disse o relatório do NYT

Confira matéria na Reuters

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Conexão ABAP debate futuro e mercado em quatro encontros
A ABAP Bahia realizou, ao longo dos meses de março e abril, uma série de Lives, exclusivas para associados, que reuniu nomes como Adriana Machado, Duda Lomanto, Antônio Lino Pinto e Pedro Tourinho.Leia Mais
Coreia do Sul aplica multa de R$900 mi no Google
O regulador antitruste da Coreia do Sul aplicou multa ao Google por impor Acordos Anti-Fragmentação aos fabricantes de aparelhos e banir versões customizadas do sistema operacional Android.

Receba a newsletter no seu e-mail