Home / Jornalismo é o gênero mais consumido por brasileiros, afirma Kantar Ibope Media

Jornalismo é o gênero mais consumido por brasileiros, afirma Kantar Ibope Media

Fonte: Propmark

27 de abril de 2023

O jornalismo ainda é um dos gêneros mais consumidos no Brasil, segundo a edição de abril do Data Stories. Entre os cinco principais temas de interesse para consumo na mídia, os noticiários dominam a preferência, marcando presença em duas posições: 1º Noticiários nacionais e locais, 2º Esportes em Geral, 3º Noticiários internacionais, 4º Estudos acadêmicos/Educação e 5º Futebol.

De acordo com o Target Group Index Global Quick View, que traz dados de 35 países, o Brasil está na 1ª colocação na leitura de notícias via internet, com 80% dos usuários de internet lendo notícias online.

Quando o assunto é televisão, mais de ¼ do total do tempo dedicado a canais lineares (canais abertos e fechados) em 2022, ou seja, 26% foi para o gênero jornalístico, que ocupou 9% da grade de programação no mesmo período.

O índice de intensidade de consumo é de 287 – qualquer número acima de 100 é considerado positivo.

Em 2022, houve um incremento de 5,2% no tempo médio de consumo de canais jornalísticos, liderado principalmente pelo aumento do público assistindo a reportagens, 6’48” em 2021 para 19’53” em 2022, e debates, 11’58” para 17’11”, motivado em grande parte pelas eleições.

O índice de coviewing (consumo de conteúdo realizado acompanhado) na TV do gênero de conteúdo jornalístico está 11% mais alto no primeiro trimestre de 2023 em relação ao mesmo período de 2022.

Já no primeiro trimestre de 2023, as regiões metropolitanas com maior alcance médio diário no gênero jornalístico foram Salvador (5%), Recife (4,2%), Rio de Janeiro (4,1%), Vitória (4%) e Curitiba (3,9%).

Considerando o tempo médio diário, o Rio de Janeiro possui o maior consumo entre essas praças (37‘37’’), seguido de Salvador (36‘02’’), Vitória (35‘30’’), Curitiba (34‘55’’) e Recife (31‘23’’).

O alto consumo desse conteúdo jornalístico também chama a atenção das marcas para anunciar e atingir o consumidor. Em 2022, 34% das inserções na TV Aberta foram feitas em programas jornalísticos, com destaque para as categorias: Super, Hipermercados e Atacadistas, Campanhas Públicas, Serviços de Saúde, Lojas de Departamentos e Outros Serviços ao Consumidor.

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Publicis planeja unificar suas agências em sede única
O Publicis Groupe, no mercado brasileiro, operação que está sob o guarda-chuva do escritório da holding francesa em Miami, Estados Unidos, está passando por uma série de reformulações desde a chegada da CEO Gabi Onofre há cerca de cinco meses. A principal delas deverá ser a unificação de todas as suas marcas no país (Talent […]
Influenciador digital está na mira do Conar
O Conselho Nacional de Autoregulamentação Pública (Conar) vem travando uma batalha com influenciadores digitais durante a pandemia por causa da falta de identificação de publicidade em postagens. O número de casos julgados sobre o assunto em decorrência de denúncias de consumidores, de empresas ou investigações feitas pelo próprio Conselho vem aumentado. Os casos não envolvem apenas profissionais […]

Receba a newsletter no seu e-mail