Home / iFood, WhatsApp e Havaianas são as marcas mais amadas pelos brasileiros

iFood, WhatsApp e Havaianas são as marcas mais amadas pelos brasileiros

Fonte: Mundo Marketing

14 de julho de 2022

Dados também mostram a estabilidade de empresas como Samsung, Omo, YouTube e Coca-Cola que estiveram presentes nos últimos três anos no top 10 do NLS

O iFood, o WhatsApp e a Havaianas foram eleitas as marcas mais amadas pelos brasileiros em 2022, segundo a 4ª edição do Net Love Score (NLS), divulgado pela Ecglobal, empresa do Ecossistema Haus do Grupo Stefanini. O resultado apontou nesse ano equilíbrio na presença dos setores de consumo e tecnologia entre os entrevistados e uma aproximação com um maior número de marcas de diversas categorias, com uma queda nos índices de lealdade levantado pelo estudo, resultado que pode ser atribuído ao contexto econômico, que obrigou os consumidores a considerarem outras marcas entre as suas amadas.

Na comparação com anos anteriores, que tiveram empresas como Nubank e Uber na lista, foi possível verificar o impacto de fatores como concorrência, questões sociais e econômicas trouxeram para o ranking. Os dados também mostram a estabilidade de empresas como Samsung, Omo, YouTube, WhatsApp e Coca-Cola que estiveram presentes nos últimos três anos no top 10 do NLS.

Confira o ranking com as TOP 10 marcas mais queridas pelos consumidores:

1 – iFood
2 – WhatsApp
3 – Havaianas
4 – Coca-COla
5 – Omo
6 – Netflix
7 – Youtube
8 – Nestlé
9 – Kibon
10 – Samsung

Também foram estudados 24 fatores de geração do vínculo com as marcas por segmentos com questões sobre atendimento de necessidades dos consumidores, impacto social e ambiental, alinhamento e presença delas na vida entrevistados, entre outros. 

“O NLS evoluiu ao longo dos anos para trazer uma maior riqueza de insights e conhecimento aprofundado sobre como se dá essa conexão emocional com as marcas e quais os principais critérios para que esse carinho aconteça. O objetivo é entregar aos nossos clientes cada vez mais informações para as tomadas de decisão”, explica a co-fundadora e CEO da Ecglobal, Adriana Rocha.

“A proximidade da Ecglobal para entender os consumidores a partir dos estudos como o NLS permite um mapeamento detalhado das tendências comportamentais e sociais do público e direcionam nossos clientes para estratégias de negócios mais assertivas com os pontos fortes e também àqueles a serem lapidados para atingir o público esperado”, aponta Guilherme Stefanini, responsável pelo ecossistema de marketing do Grupo Stefanini.

Metodologia NLS

Com métrica própria, o NLS usa como base critérios como intensidade, preferência, fidelidade e amplitude para obter índices que variam entre -100 e +200 pontos e definem a colocação das marcas tanto por categoria, quanto na mensuração global. 

Os 4.170 participantes de diferentes perfis – classes sociais, gêneros, faixa etária e regiões – responderam questões relacionadas a 30 categorias divididas em oito segmentos: eletrônicos e eletrodomésticos, FMCG (bens de consumo rápido), fashion e beleza, finanças, transporte, varejo, serviços e nova economia. 

Entre as mudanças para 2022, estão as adições das categorias de produtos para pets, sorvetes, eletrodomésticos e supermercados às análises. O ranking e outros dados coletados estão disponíveis no site netlovescore.com que também oferece diversas análises adicionais para um completo diagnóstico e consultoria sobre o desempenho das marcas nas categorias.

Confira matéria no Mundo Marketing

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Anunciantes desperdiçam 23% da publicidade em mídia programática
A internet aberta ainda está cheia de investimentos desnecessários com anúncios publicitários, de acordo com levantamento da Association of National Advertisers (ANA), feito durante a edição 2023 do Cannes Lions. O estudo revelou que o ecossistema de publicidade digital continua lidando com inventários de baixa qualidade e com uma mecânica que acaba enviando dinheiro para […]
Os desafios de publicidade e mensuração dos podcasts
Cada vez mais presente no fone de ouvido dos brasileiros, os podcasts passaram a ser um gênero interessante também para as marcas entrarem em contato com seu público-alvo. A pesquisa “A influência da publicidade no universo dos podcasts”, realizada no ano passado pelo IAB-Brasil em parceria com a Offerwise, mostrou que 76% dos internautas brasileiros […]

Receba a newsletter no seu e-mail