Home / Facebook pode levar multa pesada por explorar dados de usuários

Facebook pode levar multa pesada por explorar dados de usuários

Fonte: Tecmundo

14 de janeiro de 2022

A rede social Facebook vai encarar mais um processo por domínio de mercado. Desta vez, a acusação parte de uma autoridade regulatória do Reino Unido e pode levar a empresa a pagar até US$ 3,2 bilhões em multa — cerca de R$ 17,7 bilhões em conversão direta de moeda.

A ação judicial é encabeçada por Liza Lovdahl Gormsen, conselheira do órgão antimonopolista Financial Conduct Authority (FCA). Segundo a Reuters, o documento representa “todos os britânicos que usaram o Facebook entre 2015 e 2019”.

Liza argumenta que o Facebook lucrou ao impor termos de uso injustos e condições que “demandavam aos consumidores entregar dados pessoais para acessar a rede”. Graças a mecanismos de visualização e análise de informações, como o Facebook Pixel, essas informações acabavam nas mãos de anunciantes ao virarem perfis de consumidores para criação de material direcionado.

O que diz o Facebook

A ação judicial agora será analisada pelo tribunal de apelações de mercado em Londres antes de um eventual julgamento. Para a Meta, dona do Facebook, os usuários têm pleno conhecimento das informações compartilhadas na plataforma.

Além desse possível processo, a companhia ainda deve ser julgada por práticas anticompetitivas de mercado e aquisições predatórias por autoridades norte-americanas.

Confira a matéria no TecMundo.

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Câmara do Conselho de Ética vota representações
O Conselho de Ética do Conar esteve reunido por meios virtuais na manhã de hoje, por meio da sua 2ª Câmara. Veja os resultados: Representação Nº 216/21, “Emma Sleep Comércio de Colchões Brasil – Travesseiro antiestresse”. Resultado: alteração agravada por advertência ao anunciante, por unanimidade. Representação Nº 235/21, “Ambev e Simone Mendes – Tarde de […]
Maia vai acelerar PL das Fake News após ataques a youtuber
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou que vai acelerar a votação do PL 2630/20 devido à ataques e ameaças sofridos nas redes sociais pelo youtuber Felipe Neto. O deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) declarou que há disposição no Congresso para criar um novo tipo penal contra quem financia a difusão de notícias falsas […]

Receba a newsletter no seu e-mail