Home / Brasil termina El Ojo com 107 prêmios e a Africa Creative se torna a Agência do Ano

Brasil termina El Ojo com 107 prêmios e a Africa Creative se torna a Agência do Ano

Fonte: Propmark

17 de novembro de 2023

O Brasil encerrou a sua participação na 26ª edição do Festival El Ojo de Iberoamérica 2023 totalizando 106 prêmios, sendo eles quatro Gran Ojos, 19 Ouros, 31 Pratas e 53 Bronzes. Nessa quinta-feira (16), último dia do festival, o país foi premiado com um Gran Ojo, sete Ouros, três Pratas e 18 Bronzes, totalizando 29 troféus que se somaram aos 52 recebidos nesta quarta-feira (15) e aos 26 entregues na terça-feira (14).

A Africa Creatives foi consagrada como a agência brasileira mais premiadas do festival, totalizando 48 troféus distribuídos em dois Gran Ojos, 10 Ouros, 12 Pratas, 24 Bronzes neste ano. Além disso, a agência também foi reconhecida como Agência do Ano e Sergio Gordilho, sócio, copresidente e CCO da Africa Creative, recebeu o prêmio de Melhor Criativo do Ano.

“Não é fácil se destacar em um festival ibero-americano que tem concorrendo AlmapBBDO, GUT São Paulo, VMLY&R, BETC Havas, DM9 e tantas outras gigantes, não só brasileiras, como argentinas, peruanas, espanholas, americanas e colombianas disputando o El Ojo, que é o Cannes latino. Nós últimos 7 anos, fomos 5 vezes a agência mais premiada iberoamericana. Representar o Brasil numa premiação tão significativa para nossa indústria é uma responsabilidade e mostra a força de nossos clientes e do nosso time formado por grandes talentos, comprometidos e apaixonados pela ambição criativa”, afirmou Gordilho.

Além das brasileiras, a agência mexicana El Ruso del Rocky foi premiada como Agência Independente do Ano, a DDB levou o prêmio de Melhor Rede, enquanto a mexicana Oriental Films venceu como Melhor Produtora e sua diretora de cena, Yupi Segura, foi apontada como Melhor Diretor. Por fim, o prêmio de Melhor Anunciante foi entregue para a AB InBev.

Último dia
O Gran Ojo brasileiro do último dia do festival aconteceu na categoria Melhor Ideia Latina para o Mundo e foi entregue para a AlmapBBDO pela peça “Eart4” feita para a B3 e o Pacto Global da ONU. Além deste, o país também ganhou um Ouro para a Africa Creative com a peça “Bring Home de Bud”, co-produzido pela Wieden+Kennedy São Paulo e Nova York (EUA), criada para a Budweiser.

Confira matéria no Propmark

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

Publicis planeja unificar suas agências em sede única
O Publicis Groupe, no mercado brasileiro, operação que está sob o guarda-chuva do escritório da holding francesa em Miami, Estados Unidos, está passando por uma série de reformulações desde a chegada da CEO Gabi Onofre há cerca de cinco meses. A principal delas deverá ser a unificação de todas as suas marcas no país (Talent […]
80% das agências apontam estabilidade ou crescimento de receita no primeiro semestre
O ano de 2023 não será igual ao que passou. Pelo menos é o que aponta a pesquisa “VanPro”, realizada pela Fenapro em parceria com sindicatos regionais (Sinapros) em julho deste ano. Considerada termômetro das principais tendências do negócio da propaganda no país, a análise ouviu profissionais de 354 agências de 20 estados e do […]

Receba a newsletter no seu e-mail