Home / Brasil é o maior consumidor de TV aberta da América Latina

Brasil é o maior consumidor de TV aberta da América Latina

Fonte: Valor

24 de março de 2023

O Brasil é o país com maior consumo de TV aberta da América Latina, com 4h54 minutos assistidos por dia e um share de audiência de 68% no ano passado. Os dados fazem parte do Inside Video 2023, estudo da Kantar Ibope Mídia. “Isso mostra que a TV linear (aberta e paga) ainda é muito relevante, mesmo com as plataformas online ganhando cada vez mais espaço”, avalia Adriana Favaro, diretora de desenvolvimento de negócios da companhia. As TVs conectadas, como smart TVs, ampliaram fortemente sua penetração nos lares, de 34%, em 2018, para 59%, em 2022.

Apesar do gradativo decréscimo do mercado de TV a cabo, de cerca de 9% em relação ao ano passado segundo a Anatel, o segmento segue relevante. Segundo o estudo da Kantar Ibope, a televisão paga responde por 10% da audiência, na terceira posição, superada pelos vídeos online, que representam 21%. “A queda é, de fato, muito impactante, mas o segmento ainda tem o seu espaço e muitas marcas estão presentes no streaming, como é o caso do Telecine”, diz Felipe Garcia, gerente de conteúdo do canal.

Aposta em filmes

Chegarão aos cinemas, ainda neste ano, 32 coproduções nacionais do canal Telecine. Segundo Garcia, a aposta nos longas segue firme como um dos principais pilares. “Nossa força é como marca especializada em cinema, e por isso vamos sempre apostar em filmes”, afirma. Ele cita pesquisas do canal que apontam que os filmes possuem vantagens em relação a séries. “Dos entrevistados, 84% concordam que a duração definida dos filmes, com suas tramas com começo, meio e fim, permite melhor planejamento do tempo.” Depois de passar pelos cinemas, as produções serão exibidas no canal e em sua plataforma. Entre os títulos estão longas com Glória Pires, Tatá Werneck, Ingrid Guimarães e Johnny Massaro, além de cinebiografias das trajetórias de Gal Costa, Mussum e da dupla Claudinho e Buchecha.

Confira matéria no Valor

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

“Big Techs mercantilizaram as notícias e incentivam o mau jornalismo”
O Roda Viva desta segunda-feira (30) recebe a escritora e jornalista filipina Maria Angelita Ressa, uma das ganhadoras do prêmio Nobel da Paz em 2021 por seus esforços para defender a liberdade de expressão. A jornalista Adriana Ferreira Silva fala sobre a forma de fazer jornalismo nas redes sociais e a produção dos textos “caça-clique”. Assim, ela pergunta quão prejudicial é a […]
“Não fique no escuro”: Dicas do ex-executivo da Apple e da Pepsi, John Sculley, na construção de marcas durante a pandemia (em inglês)
John Sculley, ex-executivo da Apple e da Pepsi, explica que não manter a publicidade durante uma crise pode levar a marca a ser percebida como “em dificuldades” pelos consumidores. Sculley cita exemplos de sucesso na construção de marcas, entre eles, o caso da P&G, que se tornou a empresa líder em seu segmento após a […]

Receba a newsletter no seu e-mail