Home / Balanço Conar: 7ª Câmara analisa cinco cases

Balanço Conar: 7ª Câmara analisa cinco cases

Fonte: Conar

8 de junho de 2021

A 7ª Câmara do Conselho de Ética do Conar se reuniu na manhã de 16 de março e analisou cinco representações, entre elas cases da Acti Nutri, Itaipava e Suplementos Ekobe. 

Confira os resultados:

Representação Nº 235/20, “Meridiano e Jonathan Nemer – Acti Nutri”. Resultado: alteração agravada por advertência aos anunciantes, por unanimidade.

Representação Nº 254/20, “Fabio Carvalho da Silva e Julio Cocielo – O encontro de Alek Fumasa, Dileira & Psiu – tourettcast#1” e “@palheirosdoalekoficial”. Resultado: sustação do trecho que divulga o produto e alteração do perfil @palheirosdoalekoficial, agravadas por advertência aos anunciantes, por unanimidade.

Representação Nº 005/21, “Cervejaria Petrópolis e Cleo Pires – Itaipava – #TáNoClimaTáNaMão”. Resultado: alteração agravada por advertência aos anunciantes, por unanimidade.

Representação Nº 018/21, “Suplementos Ekobe, Luccas Neto, Liz Coutinho, Baby Mariana Lopes, Dannybb, Mamãe da Laura, Tata Veronese, Erika Oliver e Carol Minhoto – Aventureiros”. Resultado: Suplementos Ekobe teve reprovados site e postagens, algumas sustadas, outras alteradas, e recebeu advertência. Quanto aos influenciadores, receberam pena de alteração agravada por advertência, à exceção de Baby Mariana Lopes, que teve a denúncia arquivada. Todas as decisões foram por unanimidade.

Representação Nº 019/21, “Zero Corretagem”. Resultado: sustação agravada por advertência ao anunciante, por unanimidade.

Participaram da reunião os conselheiros Ana Paula Cherubini, Antonio Jesus Cosenza, Boris Gris, Camila Felix, Eduardo Simon, Fabiana Soriano, Jorge Tarquini, Juliana Nascimento, Licínio Motta, Luiz Roberto Valente Filho, presidente da 7ª Câmara do Conselho de Ética, Marcelo Migliori, Paulo Samia, Renata Garrido, Valéria Sombra e Vitor Morais de Andrade.

Voltar para Início

Notícias Relacionadas

PL das Fake News pode ganhar fôlego com cerco do Judiciário ao Telegram
O cerco do Judiciário ao Telegram tem potencial para dar um novo fôlego às articulações para votar o projeto de combate à desinformação na Câmara (PL 2630/2020). O PL das Fake News pode ser a saída legal para banir a empresa do país, já que exige que aplicativos em funcionamento no país tenham sede nacional, o que não é […]
TSE está há um ano desmentindo fake news sobre eleições
Nos últimos 12 meses, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicou uma série de notícias para esclarecer desinformações sobre as eleições presidenciais de 2022. Desde maio de 2021, o projeto “Fato ou Boato” desmentiu dezenas de afirmações sobre as urnas eletrônicas e contagem de votos, entre outros temas. A iniciativa faz parte do Programa de Enfrentamento à Desinformação, que tem como […]

Receba a newsletter no seu e-mail